17.6 C
São Paulo
sábado, junho 22, 2024

Carreira em TI

Carreira em TI

O que é Tecnologia da Informação?

Tecnologia da informação (TI) é um conjunto de ferramentas, processos e técnicas utilizadas para armazenar, processar e transmitir informações. Isso inclui computadores, software, redes de comunicação e sistemas de armazenamento de dados. A TI é amplamente utilizada em empresas, governos e outras organizações para ajudar a gerenciar e processar informações.

A carreira de TI é promissora, uma vez que o mercado de trabalho abrange diferentes funções e falta mão de obra qualificada, o que tem tornado os salários ainda mais competitivos. Se você gosta de tecnologia, pode ser uma excelente oportunidade profissional investir nessa área.

O que faz um profissional de TI?

Ao contrário do que algumas pessoas imaginam, esse profissional não é somente aquele que apenas conserta computadores e outros dispositivos. Na verdade, ele é responsável por projetar, desenvolver, implementar e manter sistemas, aplicativos e infraestruturas de tecnologia da informação.

Isso pode incluir a criação e manutenção de redes de computadores, a implementação e suporte de sistemas operacionais e softwares, a segurança de dados e a garantia de disponibilidade de sistemas. Além disso, alguns profissionais de TI também podem ser responsáveis por gerenciar equipes de tecnologia e liderar projetos. Tudo depende da área de especialização, experiência, conhecimento e também afinidade com as funções.

Como está o mercado de TI?

O mercado de tecnologia da informação é altamente dinâmico e está em constante evolução. Ele tem visto um crescimento significativo nos últimos anos, impulsionado pelo aumento da demanda por soluções tecnológicas avançadas e pela necessidade de digitalização em vários setores. Com a pandemia, muitas empresas precisaram se adaptar ao trabalho remoto e isso aumentou ainda mais a demanda por soluções de TI.

De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira de Softwares (Abes), em 2021, o investimento interno do Brasil em tecnologias da informação foi de 45,7 milhões de dólares. Além disso, em 2022, a Pesquisa do Mercado Brasileiro de TI mostrou que, no terceiro trimestre do ano, houve um crescimento de 22% desse mercado.

Algumas das áreas de TI que têm crescido mais são: inteligência artificial, aprendizado de máquina, cloud computing, internet das coisas e cibersegurança.

 

Os profissionais de TI estão entre os mais requisitados no mercado de trabalho, e as perspectivas de emprego são positivas. Somente no Brasil, existe a previsão de que abram ao menos 400 mil vagas até 2024, mas estão em falta profissionais para funções como gestão de TI, desenvolvimento de software, front-end, back-end, entre outros.

A remuneração para esses profissionais é geralmente alta. De acordo com a Brasscom, ela é, pelo menos, 2,5 vezes maior do que a média salarial brasileira. As oportunidades de carreira são diversas e em constante evolução, sendo que existem vagas mesmo em cargos juniores (com no máximo dois anos de carreira).

Como se tornar um profissional de TI?

Com o crescimento das demandas e oportunidades para as áreas de TI, muitas pessoas estão buscando maneiras de entrar no mercado. Se este é o seu caso, confira abaixo algumas dicas que podem te ajudar nessa tarefa.

Qualifique-se

Apesar de não ser obrigatório em todas as oportunidades, uma formação superior em tecnologia pode abrir muitas portas. Existem diferentes opções como ciência da computação, sistemas de informação, engenharia da computação, entre outras áreas relacionadas. Esses cursos geralmente incluem disciplinas de programação, estrutura de dados, redes de computadores, banco de dados, inteligência artificial, entre outras.

Além disso, você também pode complementar suas habilidades participando de cursos técnicos, bootcamps e programas de treinamento para aprender habilidades específicas, como programação, administração de sistemas, segurança de dados, entre outras.

Escolha uma área de atuação

Considerando que o mercado é muito amplo e conta com diversas ramificações, é importante definir o nicho de atuação e estabelecer quais serão os seus objetivos atuando na área.

É possível optar por funções como administração de banco de dados, segurança da informação, suporte técnico e muitas outras. Além disso, alguns profissionais têm como objetivo se tornar líderes e gestores de equipes, enquanto outros preferem se tornar especialistas em determinadas atividades ou linguagens de programação.

Faça networking

Fazer contatos com a comunidade de TI é muito importante para conquistar oportunidades, receber dicas e sugestões, e até encontrar parcerias. Existem diversos fóruns e grupos de desenvolvedores e você também pode participar de eventos da área.

Crie um portfólio

Você não precisa esperar ter os primeiros clientes para criar seu portfólio. É possível reunir projetos executados durante os estudos ou mesmo desenvolvê-los por conta própria. Nas comunidades também é possível encontrar outros profissionais buscando parcerias para construir alguns projetos.

Procure seus primeiros clientes

Com os conhecimentos necessários e um portfólio (ainda que pequeno) em mãos, você já pode começar a busca por trabalhos como freelancer ou com pessoas conhecidas que precisem dos seus serviços. Assim, é possível evoluir suas skills pouco a pouco.

Esteja sempre atento às novidades

Nos últimos anos, o mercado de TI mudou consideravelmente. Novas tecnologias e linguagens surgiram e outras foram atualizadas. Por ser uma área extremamente dinâmica, é preciso estar sempre atento para aprender e se atualizar.

Quais os tipos de profissionais de TI?

São muitas as áreas em que um profissional da área pode atuar,por isso, está correto dizer que existem diferentes tipos de profissionais nesse mercado. Veja alguns deles:

 

  •   Desenvolvedores de software – são responsáveis por criar e manter aplicativos e sistemas.
  •   Desenvolvedores de aplicativos para dispositivos móveis – são especializados em tecnologias mobile e criam novos produtos ou adaptam os já existentes para que possam ser usados em tablets e aparelhos celulares.
  •   Engenheiros de rede – projetam e gerenciam redes de computadores.
  •   Administradores de banco de dados – gerenciam e mantêm bancos de dados.
  •   Analistas de sistemas – analisam as necessidades de negócios e projetam soluções de TI.
  •   Gerentes de projetos de TI – gerenciam projetos de desenvolvimento de software e implementação de sistemas.
  •   Segurança da informação – protegem sistemas e dados contra ameaças cibernéticas.
  •   Área de suporte técnico – oferecem assistência a usuários com problemas de TI.
  •   Profissionais de inteligência artificial e aprendizado de máquina – trabalham com algoritmos e modelos para automatizar tarefas.
  •   Profissionais de nuvem – gerenciam e implementam soluções de computação em nuvem.
  •   Engenheiros de teste – testam software para garantir a qualidade e a confiabilidade.
  • DevOps – trabalham de forma colaborativa para integrar equipes de desenvolvimento de softwares, operações e de apoio, além de coordenar a implementação de processos automatizados para produção rápida e segura de aplicações e serviços.