20.4 C
São Paulo
quarta-feira, fevereiro 21, 2024

CDN

CDN: o que é e como funciona

CDN (Rede de Entrega de Conteúdo) é um grupo de servidores distribuídos geograficamente que aceleram a entrega do conteúdo da Web, aproximando-o dos usuários....

CDN: o que é e como usá-la em seu site?

Você já se perguntou, ao menos uma vez, o que é CDN e de que forma a tecnologia impacta o seu canal? Em resumo, ela nada mais é do que uma rede de distribuição de conteúdo por meio de servidores interconectados. Isto é, a partir de um servidor de origem, a mídia é carregada mais rapidamente, melhorando o desempenho do site.

 O que é CDN (Content Delivery Network)?

Traduzido quase literalmente, CDN, Content Delivery Network, é uma rede de fornecimento de conteúdo web. Com servidores interconectados, seu propósito é facilitar a distribuição de dados por meio de data centers, tornando todo o processo de consumo e entrega de conteúdo mais veloz. Explicando melhor o processo, se o usuário está conectado em um desses servidores e próximo geograficamente, os arquivos pesados da página da web são carregados de modo mais veloz. Leia-se arquivo pesado como javascript, HTML, folhas de estilo, imagens e vídeos. Sendo assim, para gerar a economia de tempo ao consumir um desses formatos, a rede de servidores utiliza da memória em cache para gastar menos tempo com renderização e afins. Lembrando que CDN não é o mesmo que VPN, nem cloud. Cada uma das tecnologias tem o seu propósito e aplicabilidade.

Para quem serve o CDN? Se você utiliza a internet, deve ter uma CDN. Isso porque ela é indicada, principalmente, para o usuário final, distribuidores de conteúdo e provedores de serviços de rede. Todos eles, em maior ou menor medida, são beneficiados pelo uso da tecnologia. Em alguns setores específicos ela se torna ainda mais indicada, como é o caso de:

  • e-commerces;
  • publicidade digital;
  • jogos online;
  • entretenimento.

 Como funciona uma CDN?

Pense na internet como um congestionamento de veículos. No início, assim como em nossas vias, haviam poucos carros – pessoas – trafegando, até porque nem todo mundo tinha acesso e condições financeiras de comprar um. No entanto, conforme novas tecnologias foram criadas, ter um carro – ou acesso a internet – se tornou mais barato. Várias pessoas começaram a adquirir o seu próprio veículo e, mais que isso, utilizá-los para ir trabalhar. Como consequência, as vias – e a rede – começaram a congestionar e aconteceram picos de tráfego. É neste contexto que a CDN surge. Ela cria atalhos e facilita o caminho, reduzindo o congestionamento.  Em outras palavras, na internet, por meio da memória de cache, a tecnologia faz com que o usuário precise de menos tempo para carregar arquivos pesados. Tudo isso a partir da consulta das informações nos servidores interconectados. Sendo assim, quando alguém faz uma busca, os robôs do buscador vão até o servidor CDN mais próximo, encontrando as respostas ao invés de ter que requisitar novas.

 Por que a CDN é importante?

Somente no Google, em 2021, cerca de 8,5 bilhões de pesquisas eram feitas por dia ao redor do mundo. A tendência é que esses números cresçam cada dia mais. Neste sentido, torna-se essencial ter tecnologias como a CDN, que tem como propósito acelerar a distribuição de conteúdo ao reduzir a latência e os atrasos na comunicação. É importante lembrar que estamos na era do imediatismo, em que cada segundo conta e que queremos respostas mais rápidas. Portanto, ter um site veloz, com carregamento rápido, é um dos requisitos mínimos para oferecer uma boa experiência ao usuário. Tanto que, em 2020, o próprio Google lançou uma atualização chamada Core Web Vitals. Ela é, em síntese, um conjunto de métricas utilizadas pelo buscador para medir a experiência de um site. Entre elas, está a velocidade.

 Quais são os benefícios de uma CDN?

Resumidamente, os três principais benefícios são: a maior velocidade para acessar um site, segurança e melhores resultados. Todas essas vantagens estão conectadas, afinal, ao ter mais visibilidade, os resultados costumam ser melhores.  Em um e-commerce, pode ajudar a vender mais, em um site voltado para o marketing de conteúdo, mais acessos, e assim em diante. Ao mesmo tempo, por ter uma estrutura mais robusta, você fica mais seguro contra ataques cibernéticos e pode reduzir as ocorrências – principalmente aquelas que utilizam brechas do servidor.

 Por que usar uma CDN no seu site?

Se você oferece velocidade, segurança e disponibilidade no seu site, existe uma probabilidade bem maior de que os usuários voltem. Até porque, seja em uma transação offline ou online, queremos acima de tudo ter uma boa experiência, seja visualizando um conteúdo ou comprando um produto. Logo, quando sentimos que isso acontece, não só voltamos ao site, como o indicamos para outras pessoas.  O sucesso do próprio Google é um exemplo disso e,  até mesmo, a Disney. Ambos são referência em sua área por oferecer a melhor e mais completa experiência ao usuário. 

Por que a CDN é necessária?

A CDN é necessária para oferecer a melhor e mais completa experiência ao seu usuário. Com um tempo de carregamento veloz, maior disponibilidade e eficiência, o seu site será acessado mais vezes. Vale ressaltar que ela afeta na latência, que é um dos maiores problemas de quem acessa a internet. Até porque, convenhamos, não há nada mais frustrante do que abrir um site e demorar mais de 5 segundos para começarem a aparecer as primeiras informações.

 Vantagens do uso da CDN

De modo geral, podemos citar como vantagens do uso da CDN:

  • melhor carregamento do seu site;
  • maior eficácia em estratégias de SEO, já que a velocidade é um fator importante para o Google;
  • escalabilidade mais rápida, uma vez que seu servidor não vai congestionar com picos de acesso, que costumam, em alguns casos, derrubar o site;
  • menos gastos com T.I., visto que os custos de manutenção tendem a ser menores;
  • mais visibilidade, pois o seu site estará disponível por mais tempo, sem quedas. Mesmo em datas festivas – como a Black Friday, em que há grande quantidade de tráfego – o seu site estará estável, funcionando corretamente;
  • maior segurança contra ataques cibernéticos, especialmente porque existem tipos de ataques voltados diretamente para o servidor.

 Qual é o conteúdo da Internet que pode ser entregue por uma CDN?

A CDN entrega uma ampla variedade de tipos de conteúdos pesados. Entre eles, os maiores destaques são para:

  • páginas em Javascript;
  • páginas em HTML;
  • fotos;
  • vídeos (4K, HD, entre outros formatos);
  • streamings de vídeo e/ou de áudio;
  • download de software;
  • jogos;
  • atualizações do Sistema Operacional etc.

Neste cenário, a tecnologia pode ser utilizada tanto em formatos estáticos, quanto em dinâmicos.