20.4 C
São Paulo
quarta-feira, fevereiro 21, 2024

Datacenter

Microsoft: interrupção no data center na Austrália

A Microsoft enfrentou na última semana uma interrupção em seu data center na Austrália, afetando serviços como Azure, Microsoft 365 e Power Platform por...

Data Center

 O que é um Data Center?

Um Data Center é uma instalação física que armazena e gerencia uma grande quantidade de equipamentos de computação e armazenamento de dados. Ele é composto por uma infraestrutura de servidores, racks, sistemas de fornecimento de energia e redes independentes de dados ou links, tudo isso para garantir que os dados sejam acessíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana.  O Data Center é projetado para suportar uma grande quantidade de tráfego de rede e garantir a segurança e a disponibilidade dos dados armazenados. Além disso, ele também contém sistemas de refrigeração e medidas de segurança física para proteger o hardware contra danos ou roubo.

 Como funcionam os Data Centers?

Os Data Centers funcionam como centros de armazenamento e processamento de dados. Eles são compostos por uma infraestrutura de servidores, roteadores, conectividade de rede e sistemas de armazenamento.  Os dados são armazenados em servidores dentro do Data Center e processados por meio de hardware especializado e a conectividade é garantida por meio de roteadores e outros dispositivos de rede, que permitem que os usuários acessem os dados armazenados. Até mesmo a localização do Data Center é escolhida com cuidado, uma vez que ela precisa atender a necessidades como piso elevado com estrutura móvel e modular que possibilite o armazenamento dos equipamentos na parte de cima e, embaixo, os dutos de cabeamento de dados e energia elétrica, além de sistemas de resfriamento para garantir que os servidores e outros equipamentos de hardware possam operar em condições ideais. Eles precisam contar com sistemas de segurança que incluem tecnologias para detecção e combate a incêndios por meio da liberação de gases, câmeras de vigilância, portas e vidros blindados, verificação biométrica e outros dispositivos que garantam a segurança do prédio. Essas e outras medidas de segurança são importantes para evitar que o Data Center pare e também para armazenar com segurança as informações que muitas vezes têm um valor inestimável.

Porque um Data Center é tão importante assim?

 Ainda que você nunca tenha visto um Data Center, provavelmente ele te ajuda em muitas atividades todos os dias. Quando ocorre uma busca no Google, por exemplo, são os Data Centers que armazenam os dados, processam as buscas e entregam os resultados. O mesmo serve para as redes sociais, serviços de streaming e até mesmo as ações que você realiza no aplicativo do banco, desde a consulta do extrato até os pagamentos realizados, que são executadas por meio de servidores hospedados em Data Centers. Esses locais precisam ser extremamente seguros e eficientes para armazenar dados e aplicativos críticos. Já imaginou um mundo sem eles? A maneira com que vivemos seria completamente modificada.

Quais são os tipos de serviços de Data Center?

Existem vários tipos de serviços de Data Center, sendo que a escolha depende muito das necessidades da empresa. Abaixo listamos alguns deles.

Enterprise

No Data Center Enterprise a empresa conta com a própria infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) e um espaço devidamente controlado para armazenar seus dados. Algumas organizações optam por esse modelo para gerenciar os riscos internamente, porém a configuração e manutenção de um Data Center próprio demandam altos custos com equipes que trabalhem nele de forma contínua, além de infraestrutura significativa para comportar o hardware e o software do Data Center.

Colocation

Nesse tipo de serviço, um proprietário de um Data Center aluga o espaço para vários clientes, porém, os computadores e equipamentos são das empresas que utilizam o serviço e elas também são responsáveis por controlar o funcionamento dos próprios recursos. 

Data Centers em nuvem

Este tipo de serviço fornece acesso a recursos de computação, armazenamento e rede por meio de uma conexão à internet. Isso permite que as empresas escalem sua capacidade de acordo com suas necessidades e paguem somente pelo que usam.

Hyperscale

Hyperscale Data Centers são projetados para atender a uma ampla variedade de aplicativos e serviços, incluindo computação em nuvem, armazenamento, rede e inteligência artificial. Eles são usados ​​por empresas de tecnologia, provedores de serviços em nuvem e outras empresas que precisam de capacidade de computação e armazenamento em grande escala. Entre as empresas que usam esse tipo de Data Center podemos citar o Facebook, a Amazon, o Google, entre outras.

Por que o Data Center é essencial para todos os tipos de empresa?

Embora possa ser difícil visualizar o impacto do Data Center no dia a dia das empresas, é importante lembrar que muitos aplicativos e sistemas utilizados no ambiente corporativo dependem da infraestrutura de Data Center. Isso inclui desde aplicativos de produtividade e sistemas de gestão empresarial até o envio de e-mails e compartilhamento de arquivos. Como tal, os Data Centers oferecem muitos benefícios para as estratégias de negócios, incluindo segurança cibernética, conformidade com as normas de privacidade de dados, escalabilidade e capacidade de processamento. Além disso, com a chegada do 5G e o aumento do volume de dados gerados (Big Data), o Data Center se tornará ainda mais importante para garantir que as operações empresariais possam ser mantidas.

Afinal, como estruturar ou escolher o melhor Data Center para minha empresa?

 Existem alguns fatores importantes a serem considerados ao escolher ou estruturar um Data Center para sua empresa. Alguns dos principais são:

  • Gerenciamento – o primeiro passo é considerar se a empresa quer gerenciar o Data Center internamente ou se prefere contratar um provedor de serviços gerenciados.
  • Localização – escolher uma localização estratégica para o Data Center, levando em consideração aspectos como acessibilidade, disponibilidade de energia e conectividade.
  • Redundância e segurança – se você for gerenciar seu próprio Data Center, é fundamental garantir a redundância dos sistemas e equipamentos para garantir a continuidade dos negócios em caso de falhas. Além disso, é importante garantir a segurança física e lógica do Data Center, incluindo medidas de segurança contra incêndio, inundação, roubo e invasões cibernéticas.
  • Conectividade – é importante garantir que o Data Center tenha alta disponibilidade de conectividade de rede, incluindo conexões de fibra óptica e conectividade com provedores de nuvem.
  • Certificações – no caso de contratação de serviços gerenciados, é importante verificar se o Data Center possui as certificações necessárias, como ISO 27001, PCI-DSS, e as SOC 1, SOC 2 e SOC 3 da AICPA.

Ao considerar esses fatores, a empresa poderá escolher ou estruturar o Data Center ideal para suas necessidades e garantir a continuidade e segurança dos negócios.