23.2 C
São Paulo
sábado, fevereiro 24, 2024

Gerenciamento de Projetos

Freshworks e AWS: Parceria Estratégica Transforma Gestão de Negócios com IA

A inovação no gerenciamento de negócios e atendimento ao cliente está prestes a alcançar um novo patamar com o recente anúncio da colaboração estratégica...

Gestão de Projetos 2024: Estratégias Inovadoras para Sucesso Empresarial

No horizonte de 2024, a Gestão de Projetos desponta como peça-chave para o sucesso empresarial, trazendo consigo estratégias inovadoras que moldarão o cenário corporativo....

Gerenciamento de projetos: o que é? Qual a sua importância?

O que é gerenciamento de projetos?

Gerenciamento de projetos (em inglês, project management) é o processo de planejar, organizar, liderar e controlar recursos para alcançar objetivos específicos de um projeto. Ele envolve estabelecer metas, definir tarefas e responsabilidades, alocar recursos, gerenciar riscos, monitorar progresso e adaptar-se a mudanças. O gerenciamento de projetos é amplamente utilizado em vários setores, como tecnologia, construção, saúde, finanças e muitos outros. Esse processo é importante porque ajuda a garantir que os projetos sejam concluídos dentro do prazo, orçamento e escopo estabelecidos. Ele também permite identificar e gerenciar riscos, além de aumentar a produtividade e a satisfação do cliente. Além disso, permite uma comunicação eficaz entre todas as partes interessadas, garantindo que todos estejam cientes do progresso do cronograma do projeto e das mudanças necessárias. Para aplicá-lo, é necessário ter um gerente de projeto capacitado, que realize o planejamento e implemente ferramentas e técnicas de gerenciamento de projetos como PMBOK e metodologia ágil de acordo com cada projeto planejado.

Qual a diferença entre projeto e processo?

Um projeto é um esforço temporário. Logo, tem um início e fim. Por exemplo, se você quer fazer um aplicativo ou uma casa, terá um conjunto de ações voltadas para um objetivo final, que costuma ser fixo. Ao terminá-las, ele é finalizado também.  Como consequência, ele pode ter tempo de execução variado e ações diversas, sendo que cada fase tem um propósito:

  • início – as definições do que será feito;
  • organização e preparação-  as partes interessadas definem o que será a entrega e quais os prazos;
  • execução – são aplicadas as melhores práticas de gerenciamento de projeto;
  • encerramento – analisa-se os resultados e o impacto.

Lembrando que o ciclo de vida do projeto vai depender da complexidade do que está sendo feito. Já um processo é uma série de ações ou tarefas que são realizadas para alcançar um objetivo. Ele é contínuo e pode ser repetido. Processos são geralmente utilizados para atividades rotineiras, como fazer uma chamada, processar uma ordem de compra, ou produzir um item. Em resumo, um projeto é um esforço único e temporário para alcançar um objetivo específico, enquanto um processo é uma série de ações ou tarefas contínuas utilizadas para alcançar um objetivo.

Quais são os benefícios do gerenciamento de projetos?

Com um mercado cada vez mais competitivo, torna-se essencial pensar em metodologias e processos capazes de criar projetos mais eficazes. É por isso que é importante ter um gestor capacitado para executar o gerenciamento de projetos. A sua função é gerenciar e organizar todas as etapas, reduzindo o tempo de execução e aumentando os lucros. Entre as vantagens que a gestão de projetos permite, podemos citar:

  • cumprimento de prazos;
  • melhor controle de processos e de todas as variáveis envolvidas;
  • melhor engajamento da equipe, já que todos saberão o que é esperado e quais as metas;
  • maior assertividade na tomada de decisão, visto que há clareza sobre todas as fases;
  • redução de riscos;
  • maior satisfação de todos os envolvidos.

Qual a importância da gestão de projetos para uma empresa?

Para uma empresa, a gestão de projetos pode ajudar a aumentar os lucros e reduzir gastos necessários. Isso porque haverá um profissional acompanhando e fazendo o monitoramento de todas as etapas, prazos e demais fatores envolvidos no processo, de modo a garantir o gerenciamento do escopo e realizar ajustes quando necessário, aumentando a probabilidade de sucesso. Além disso, é possível reduzir as chances de problemas e aumentar a satisfação dos envolvidos. Desse modo, esse gerenciamento auxilia qualquer negócio a ter um crescimento mais saudável e com menos riscos. A gestão de projetos também se mostra importante para a capacidade de inovação e adaptação da empresa, permitindo a implementação de novos processos, produtos e tecnologias.

Metodologias de gerenciamento de projetos

As metodologias de gerenciamento de projetos são conjuntos de ferramentas, técnicas e processos utilizados para planejar, executar e controlar projetos de maneira eficiente e eficaz.  Elas ajudam a garantir que os projetos sejam concluídos dentro do prazo, orçamento e escopo estabelecidos. Abaixo, separamos alguns dos principais conceitos mais conhecidos e que fazem parte das boas práticas de gestão de projetos.

Gerenciamento ágil

Agile Management ou gerenciamento ágil é uma abordagem que considera a menor intervenção possível. Dividido em etapas menores, normalmente, todo o projeto dura cerca de 2 a 4 semanas. Ao final de cada uma delas acontecem retrospectivas para entender o que deu certo e o que não deu, tornando todo o ciclo mais eficaz.

Cascata

O modelo cascata consiste em um desenvolvimento sequencial. Normalmente, é indicado para projetos que tendem a fluir constantemente, e só para frente, isto é, em sequência. Nele, as fases são:

  • análise de requisitos;
  • projeto;
  • implementação;
  • testes;
  • integração;
  • manutenção de softwares.

Sendo assim, é ideal para casos em que há correlação entre as etapas de desenvolvimento, até porque só é possível seguir em frente com a finalização do ciclo anterior.

SCRUM

O SCRUM é indicado principalmente para projetos com características inovadoras. Em resumo, é uma estrutura de gerenciamento muito utilizada, principalmente, para o desenvolvimento de softwares. No entanto, isso não quer dizer que a metodologia não pode ser utilizada em outras áreas.

PRINCE2

O PRINCE2 pode ser aplicado em qualquer projeto. Isto é, o tamanho, o tipo da empresa e outras variáveis não são um empecilho. Por tal motivo, ele é amplamente utilizado em todo o mundo. Destaque para o Reino Unido, Europa e Austrália. Diferente do SCRUM e outros métodos agile, a sua metodologia é baseada em experimentações, sendo 7 etapas principais:

  • business case;
  • organização;
  • qualidade;
  • planos;
  • riscos;
  • mudanças;
  • progresso.

Kanban

O Kanban é talvez um dos mais conhecidos. Seu propósito é controlar fluxos e trazer visibilidade para todos os envolvidos no processo. Por isso, na metodologia, utiliza-se de quadros de sinalização dividido em três colunas: to do, in progress e done. A proposta é que todos os envolvidos consigam ver com clareza o que está acontecendo. Por tal razão, pode ser utilizado em projetos de todos os tamanhos. Costuma ser muito usado em empresas de logística e fornecimento de suprimentos, ainda mais porque, quando combinado com outros métodos, possibilita uma gestão de estoque ainda mais eficaz.