22.8 C
São Paulo
sábado, fevereiro 24, 2024

Inovação

Inovação

Qual o conceito de inovação?

Inovação é o conceito de introdução de novos produtos ou processos na economia. Em resumo, inovar consiste em criar uma nova ideia que pode ser o desenvolvimento de novos produtos, serviços variados, ou mesmo a criação de novos modelos de negócios que entreguem soluções de valor para o mercado. Não necessariamente é sobre “reinventar a roda”. Isto é, inventar algo do zero. Muitas vezes, modificar e aprimorar soluções que já existem também é inovação. Um exemplo disso são os celulares atuais. A cada lançamento, surgem novas tecnologias e novidades. Não necessariamente há a recriação do telefone, mas ainda ocorre um processo de inovação. A cultura da inovação é uma necessidade para o desenvolvimento de novos produtos e o sucesso das empresas a longo prazo.

Quais são os tipos de inovação?

Existem dois tipos principais de inovação: inovação incremental e inovação radical.

Inovação incremental 

É um tipo de inovação que envolve modificações e melhorias em um produto ou processo existente. Ela é frequentemente chamada de “inovação de melhoria contínua” e é o tipo mais comum de inovação nas empresas.  Na inovação incremental é possível inovar ao mesmo tempo em que se mantém o foco no negócio atual. Um exemplo de inovação incremental é uma empresa que adiciona novos recursos ou melhora a qualidade de seus produtos existentes, como por exemplo a Apple, que lança uma nova versão de iPhone implementando melhorias a cada vez, seja na câmera, no design ou no sistema operacional.

Inovação radical 

Já esse tipo envolve a criação de um novo produto ou serviço, que difere significativamente dos produtos ou processos existentes. Ela é frequentemente chamada de “inovação de ruptura” e é mais rara do que a inovação incremental.  O conceito de inovação radical é que o produto ou serviço novo é tão diferente do existente que é possível mudar completamente um mercado ou criar um novo mercado. Um exemplo de inovação radical é o Airbnb. Ninguém havia pensado antes em alugar a própria casa ou apartamento por um período limitado usando um aplicativo. Se pararmos para pensar, foi uma solução relativamente simples, mas que causou grandes impactos no mercado de turismo.

Qual a relação entre ciência, tecnologia e inovação?

Ciência, tecnologia e inovação estão estreitamente relacionadas e são fundamentais para o crescimento econômico e o desenvolvimento social. A ciência é a base da tecnologia, pois os avanços científicos servem como fonte de novos conhecimentos e descobertas, que podem ser aplicadas em tecnologias novas ou existentes. A tecnologia é o conjunto de técnicas, métodos e ferramentas que permitem a aplicação desses conhecimentos científicos na produção e uso de bens e serviços. A inovação está presente quando uma nova tecnologia é utilizada para incrementar ou criar um novo produto ou serviço, aumentando a produtividade e a competitividade. A inovação tecnológica é o processo de inovar, ou seja, de introduzir novos produtos, processos ou serviços no mercado, com base em novas tecnologias. Ela pode ser incremental ou radical, dependendo do grau de diferenciação em relação aos produtos e processos existentes. Startups e empresas que investem em pesquisa e desenvolvimento (P&D) são exemplos de organizações que buscam inovação tecnológica. Ou seja, a ciência é a base para a tecnologia, que é aplicada para criar novos produtos e serviços inovadores, aumentando a competitividade e a produtividade.

Por que é importante investir em inovação?

O mundo está em constante atualização. Por causa da internet, está ainda mais veloz a transformação dos negócios, comportamentos e necessidades dos seus clientes. Neste sentido, para grandes empresas, pequenas e de todos os tamanhos continuarem competitivas, é essencial se adaptar e oferecer novidades. Pense, por exemplo, no cenário da Revolução Industrial. Naquela época, existiam várias empresas com linhas de montagem focadas em apertar parafusos. No entanto, começaram a surgir novas tecnologias que faziam todo aquele processo com mais precisão e menor custo. Elas se tornaram as favoritas de outras empresas. Como resultado, aos poucos, esses negócios mais tradicionais foram quebrando. Por isso, é importante investir em inovação, além de claro, em pesquisa e desenvolvimento para se manter atual e oferecer valor para o seu consumidor. Lembrando, também, que o significado de inovação não é só sobre criar coisas novas. Inovar é, também, sobre otimizar algo que já existe.

Quais os paradigmas da inovação?

Os paradigmas da inovação são conhecidos como os “4 Ps” da inovação: propósito, processos, pessoas e políticas.  O propósito é o motivo que justifica a inovação, como criar valor e aumentar a competitividade. Os processos são a forma como a inovação deve ser implementada para alcançar seus objetivos no mercado. As pessoas são as partes interessadas na inovação, como gestores, clientes, colaboradores, parceiros e a comunidade. Já as políticas são as normas e orientações para que a inovação seja realizada e alcance seu potencial de acordo com o planejado.

Qual a importância da inovação nos negócios?

A inovação possibilita explorar novas soluções valiosas para o mercado, tornando os negócios mais competitivos. Atualmente, as pessoas estão sempre em busca de novidades. Logo, é uma forma de se manter atual e interessante para o seu público. Podemos utilizar as lojas de roupas como exemplo: os consumidores sempre as procuram em busca de novidades. Se não houver nada novo, eles deixam de ir ou procuram um concorrente.  O mesmo se aplica a diversos outros exemplos, como fabricantes de produtos e até serviços digitais como streaming. Se uma empresa não inova, aos poucos ela acaba sendo “engolida” por aquelas que já inovaram.

Quais os benefícios que uma cultura de inovação pode gerar para uma empresa?

Há quem diga que a inovação é um pilar central das organizações de sucesso. Podemos citar as empresas do Vale do Silício como exemplo. Elas mudaram não só as dinâmicas sociais, como a nossa cultura. Ao mesmo tempo, quando tratamos de cultura de inovação, nos referimos a uma forma de pensar e fazer negócios. Quando enraizado nas empresas, costuma trazer a criatividade como um dos principais valores dos funcionários. Como consequência, possibilita  a realização de novos negócios e impacta diretamente nos lucros. Outros benefícios que podemos citar são:

  • aumento do engajamento da equipe;
  • maior facilidade em lidar com crises, já que a criatividade faz parte dos pilares da empresa;
  • maior eficiência de processos, uma vez que os colaboradores sempre estarão em busca da transformação.