14.1 C
São Paulo
segunda-feira, julho 22, 2024
InícioLiderança de TIDesafios e previsões de cibersegurança para 2024: Insights de Yuri Diogenes da...

Desafios e previsões de cibersegurança para 2024: Insights de Yuri Diogenes da Microsoft

Em entrevista exclusiva ao Portal Itshow, Yuri Diogenes, Principal PM Manager na Microsoft e um dos 100 líderes de TI destacados para se seguir em 2024, compartilhou sua visão sobre os principais desafios e tendências no campo da cibersegurança. 

Diogenes destacou o crescente foco em DevOps e a necessidade de integração entre o desenvolvimento de código e a segurança na nuvem, citando a falta de maturidade das empresas em adotar ferramentas que identifiquem vulnerabilidades de forma integrada como um dos principais desafios de 2023.

Para 2024, Diogenes prevê que o desafio de proteger o ciclo de vida do desenvolvimento de código até a nuvem continuará sendo uma prioridade. Ele aponta a inteligência artificial (IA) como um fator chave, tanto para facilitar a identificação e remediação de vulnerabilidades quanto como uma nova frente para ataques cibernéticos. 

Segundo ele, os “threat actors” vão explorar a IA para encontrar brechas de segurança, o que demanda uma abordagem equilibrada para aproveitar os benefícios da tecnologia minimizando os riscos.

AnyConv.com Banners 2
Desafios e previsões de cibersegurança para 2024: Insights de Yuri Diogenes da Microsoft 2

Baixe agora o guia de 100 líderes de tecnologia que você precisa acompanhar em 2024!

No que diz respeito à gestão de talentos em TI, Diogenes recomenda que as empresas baixem a barreira de entrada para novos talentos, criando mais posições de nível inicial para permitir que recém-formados e profissionais com menos experiência possam crescer na área de cibersegurança. Ele argumenta que essa estratégia ajudará a preencher as lacunas de talento no setor, ao mesmo tempo que desenvolve uma força de trabalho mais qualificada e diversificada.

Quanto ao papel da automação e IA no trabalho de TI, Diogenes enfatiza que, embora algumas funções possam ser otimizadas por essas tecnologias, habilidades humanas únicas, como soft skills e capacidade de liderança, continuarão sendo essenciais. 

Yuri Diogenes ainda sugere que o trabalho remoto e a colaboração digital permanecerão como aspectos importantes do ambiente de trabalho, com muitas empresas adotando modelos híbridos para aproveitar os benefícios do trabalho presencial e remoto.

Ao final da entrevista, Diogenes concluiu que, em 2024, as empresas devem focar em avaliações internas para entender seus riscos específicos de cibersegurança e priorizar investimentos em tecnologias que protejam suas infraestruturas na nuvem. 

Ele reitera a importância de adaptar estratégias de segurança às necessidades específicas da empresa e de investir em talentos para garantir uma abordagem de segurança robusta e eficaz.

Fernanda Martins
Fernanda Martins
Formada em Letras, com pós em mídias sociais, e redatora do portal de notícias Itshow. Já escreveu para vários blogs de cultura pop, produziu conteúdo no Facebook e no Instagram sobre literatura e até escreveu algumas fanfics pela internet. Hoje, se especializa em redação e usa suas habilidades de escrita crítica e literária para trazer mais sensibilidade aos textos e continuar fazendo o que ama.
Postagens recomendadas
Outras postagens