22.8 C
São Paulo
domingo, fevereiro 25, 2024
InícioPodcastMaximizando a eficiência de TI com o Site Survey: Um guia para...

Maximizando a eficiência de TI com o Site Survey: Um guia para líderes de TI

No atual cenário tecnológico, a eficiência e a segurança são essenciais para o sucesso dos negócios. Para alcançar isso, a realização de um Site Survey é crucial antes da implementação de qualquer projeto de TI. Neste guia, mergulharemos na importância do Site Survey. André Rocha, CISO na Braskem compartilha suas experiências sobre o assunto.

Importância do Site Survey para líderes de TI

Sem um Site Survey, projetos de TI podem enfrentar problemas como desempenho de rede insatisfatório ou até falhas de segurança. Por isso, uma avaliação é fundamental para identificar interferências de radiofrequência, ameaças de segurança e outros fatores ambientais que impactam a infraestrutura de TI. Além disso, é possível identificar necessidades de componentes adicionais de rede e o uso de equipamentos existentes.

“É importante que, para os executivos, para as pessoas que trabalham com isso, tenha um bom projeto de Site Survey para entender a quantidade necessária de equipamentos (…) não é a quantidade que vai resolver todos os meus problemas. Então eu preciso ter um projeto muito bem desenhado, quais são os canais de comunicação que cada um desses dispositivos vão trabalhar, qual é a melhor frequência.” – André Rocha, CISO na Braskem

Imagem gerada por inteligência artificial.

Entenda como funciona o Site Survey

O Site Survey é uma análise minuciosa realizada antes da instalação ou atualização de uma rede de TI. Semelhante ao papel de um arquiteto que examina um local de construção, fazer um Site Survey  ajuda a avaliar o ambiente onde os pontos de acesso serão implantados. Ele mapeia a localização de todos os dispositivos conectados à rede, considerando as características físicas do espaço, incluindo possíveis obstáculos que podem interferir no sinal do usuário e ajuda a definir os melhores locais para a implantação da rede.

 A análise também leva em conta o tipo e volume de tráfego que a rede deve suportar, incluindo a natureza de todos os dados (texto, áudio, vídeo) e os padrões de uso. Fatores futuros, como crescimento empresarial e novas tecnologias, também são avaliados. Além disso, consegue identificar ainda possíveis interferências, como a presença de outras redes sem fio e dispositivos eletrônicos.

 Com base em todas essas informações, é elaborado um plano para a instalação da rede, considerando todos os fatores coletados e o orçamento disponível. O objetivo é criar uma rede eficiente e confiável, que atenda às necessidades atuais e futuras da empresa, maximizando o desempenho e minimizando os custos.

Gerenciamento de custos e cumprimento de regulamentações no Site Survey

Que o Site Survey é uma etapa crucial no processo de instalação e configuração de uma rede sem fio, não restam dúvidas! No entanto, é possível observar que este é um procedimento que pode ser desafiador, especialmente no que diz respeito ao gerenciamento de custos e cumprimento de regulamentações.

A importância do controle de custos durante um Site Survey

“O Wi-Fi tem vários canais também que você precisa equalizar ali. E aí você pega uma outra empresa no andar de cima ou no andar de baixo que pode estar interferindo no seu sinal. Então é importante que os executivos (…) tenham um bom projeto de Site Survey para entender a quantidade necessária de equipamentos (…) não é a quantidade que vai resolver todos os meus problemas.” – André Rocha, CISO na Braskem

Como mencionado por Rocha, o planejamento adequado é fundamental para entender a quantidade necessária de equipamentos. A aquisição em excesso, ou a ausência deles, pode acarretar em ineficiências e custos operacionais elevados. A dimensão do número e tipo de dispositivos que serão conectados à rede, bem como as capacidades de desempenho necessárias, são aspectos fundamentais para avaliar as necessidades corretas do projeto, evitando desperdícios e otimizando recursos.

Além disso, um planejamento inadequado pode levar a necessidade de revisões frequentes e reconfigurações da rede, o que pode implicar em mais gastos. O controle de custos, portanto, inicia-se com uma compreensão clara das necessidades da rede e um planejamento cuidadoso do Site Survey.

Deseja entender a importância do Site Survey para sua empresa? Ouça o episódio completo no Spotify!

 O impacto das regulamentações governamentais e setoriais na realização de um Site Survey

Dependendo do setor e da localização, a instalação e operação de redes podem ser afetadas por diversas regulamentações. Estas podem variar desde o uso de certas frequências de rádio até normas de segurança de dados. Ignorar estas regras não só pode resultar em multas pesadas, como também prejudicar a reputação da empresa.

A interferência entre canais Wi-Fi, por exemplo, citada por Rocha, pode ser uma questão de regulamentação. Empresas próximas podem estar operando na mesma frequência, levando a interferências e consequente perda de eficiência da rede. Portanto, um Site Survey bem realizado deve levar em consideração essas regulamentações, evitando problemas futuros.

Dessa forma, o gerenciamento efetivo de custos e o cumprimento de regulamentações no Site Survey são fundamentais para garantir a eficiência e eficácia da instalação e operação de redes. Por meio de um planejamento cuidadoso e da observância das regulamentações, as empresas podem evitar problemas futuros e garantir uma operação de rede suave e eficiente.

Imagem gerada por inteligência artificial.

A Importância da conectividade e evolução das frequências Wi-Fi

A conectividade é um aspecto fundamental de qualquer rede de TI, e a evolução das frequências Wi-Fi tem desempenhado um papel crucial na melhoria da qualidade e velocidade das conexões sem fio. Um levantamento de local bem realizado leva em consideração a infraestrutura atual e futura, incluindo as tendências emergentes e as mudanças nas tecnologias de frequência wireless.

“Se vou implementar um projeto de Wi-Fi, devo trabalhar com um equipamento apropriado para um crescimento futuro, não apenas pensando no momento. Muitas vezes, nos deparamos com projetos que pensam muito no presente e esquecem de entender a evolução da tecnologia ou o crescimento da empresa.” – André Rocha, CISO na Braskem

 Entendendo a evolução das frequências Wi-Fi e seus benefícios

As frequências Wi-Fi têm evoluído ao longo do tempo para oferecer melhor velocidade, alcance da cobertura de rede e eficiência na transmissão de dados. Inicialmente, a maioria das redes wireless operava na frequência de 2.4 GHz, que oferece um bom alcance, mas está sujeita a interferências devido à sua ampla utilização em diferentes dispositivos, como telefones sem fio e micro-ondas.

Com a introdução do Wi-Fi 5 (802.11ac), a frequência de 5 GHz tornou-se popular, oferecendo alta performance, com velocidades mais rápidas e menos interferência. No entanto, seu alcance é geralmente menor do que o de 2.4 GHz.

 Agora, com o Wi-Fi 6 e o 6E (802.11ax), as redes wireless estão começando a utilizar a frequência de 6 GHz. Esta nova faixa de frequência oferece ainda mais largura de banda, resultando em velocidades de dados mais rápidas, menor latência e capacidade de conectar um maior número de dispositivos simultaneamente.

André Rocha explica: “As pessoas estão muito acostumadas a conectar no 2.4 GHz. Essa frequência é uma frequência de longa distância, mas de baixa performance. Já a 5.0 GHz, ela já é uma frequência que trabalha de curto espaço, ou seja, você não consegue ir muito longe do ponto onde está instalado o seu Wi-Fi, ele não dá uma ampla cobertura, mas ele te proporciona uma velocidade muito maior.”

Por isso, durante um Site Survey, é crucial entender a evolução das frequências Wi-Fi para planejar adequadamente a infraestrutura de rede. Isso garante que a rede seja capaz de suportar as demandas atuais e futuras, aproveitando os benefícios que as novas tecnologias de frequência Wi-Fi têm a oferecer.

 Site Survey e a implementação de novas tecnologias

A evolução tecnológica constante, incluindo a implementação de 5G e IoT, demanda frequente nas organizações. Este processo complexo requer um planejamento detalhado e entendimento do projeto de rede existente, para o qual um Site Survey bem executado é essencial.

A incorporação de tecnologias emergentes, como 5G e IoT, durante um Site Survey

A implementação de tecnologias como 5G e IoT em um Site Survey pode trazer desafios, mas também oportunidades. O 5G, por exemplo, requer a instalação de novas antenas e atualização de hardware e o levantamento identifica a melhor localização para as antenas, verifica a compatibilidade do hardware e avalia as medidas de segurança necessárias.

Enquanto no caso da IoT, conectar vários dispositivos com diferentes necessidades e vulnerabilidades de segurança é um desafio. Dessa forma, o Site Survey ajuda na experiência dos dispositivos conectáveis, na localização ideal para um bom desempenho da rede e nas medidas de segurança necessárias.

André Rocha, enfatiza a importância da infraestrutura de TI para o funcionamento desses dispositivos: “Isso tudo precisa estar conectado de alguma maneira e aí a gente usa ainda o cabo, em boa parte desse cenário, é utilizado o cabo de rede ali para fazer com que esses dispositivos trabalhem e funcionem.”

Previsões para o crescimento de dispositivos IoT conectados

O avanço da Internet das Coisas (IoT) está mudando o panorama tecnológico global, trazendo consigo um aumento sem precedentes no número de dispositivos conectados. Segundo um relatório da Statista, prevê-se que o número de dispositivos IoT conectados em todo o mundo ultrapasse a marca dos 29 bilhões até 2030.

Esta tendência acelerada representa uma grande oportunidade para as organizações que buscam se beneficiar da eficiência, da flexibilidade e das novas possibilidades trazidas por esses dispositivos. No entanto, ao mesmo tempo, o crescimento exponencial da IoT apresenta desafios significativos, especialmente em termos de gerenciamento de rede, segurança de dados e privacidade.

Para entender mais profundamente essas técnicas, convidamos você a baixar nosso material de apoio do podcast!

Capacitação da equipe e melhores práticas para realizar um Site Survey

Realizar um Site Survey eficaz requer uma equipe de TI capacitada, atualizada sobre tendências tecnológicas e regulamentações do setor. A formação adequada possibilita a identificação de problemas, a garantia de conformidade regulatória e a implementação de uma rede que atenda às necessidades da organização.

Melhores práticas de treinamento e desenvolvimento de habilidades para equipes de TI envolvidas em Site Surveys

  • Treinamento contínuo: As equipes de TI devem se manter atualizadas sobre as últimas tendências e desenvolvimentos. Isso pode envolver a participação em webinars, conferências, cursos online e outras formas de treinamento contínuo.
  • Simulações práticas: O aprendizado prático é uma das maneiras mais eficazes de desenvolver habilidades. As simulações de Site Surveys podem ajudar a equipe a entender os desafios que podem enfrentar e a praticar a resolução de problemas.
  • Atualização sobre regulamentações: As regulamentações do setor e governamentais podem mudar com frequência. As equipes de TI devem estar cientes dessas mudanças e receber treinamento regular para garantir a conformidade.

Conclusão

Ao longo deste guia, destacamos não apenas como uma ferramenta para mapear e entender a infraestrutura de TI existente, mas também como uma estratégia de prevenção de problemas e uma base para o planejamento eficaz.

A experiência de André Rocha, CISO na Braskem, complementa a importância de uma abordagem bem projetada ao Site Survey, destacando que um estudo bem feito pode ajudar a entender a quantidade e o tipo de equipamentos necessários, escolher os canais de comunicação adequados e determinar a melhor frequência para operação.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Erika Rodrigues
Erika Rodrigues
Sou repórter e redatora no Itshow. Já produzi diversas matérias como jovem repórter do Núcleo de Jornalismo Investigativo da Record TV, onde também fiz parte da equipe de apuração da Agência Record, abastecendo os principais jornais da casa, além do portal R7. Com dedicação e comprometimento, estou sempre em busca de novos desafios e oportunidades de crescimento em carreira.
Postagens recomendadas
Outras postagens