25.5 C
São Paulo
sábado, junho 15, 2024

Databases

Rotinas de backup: O que são e como implantá-las?

Qual a importância das rotinas de backup? Em qualquer ambiente de negócios, a retenção de dados é uma tarefa delicada, equilibrada entre as exigências legais...

Banco de dados: o que é e para que serve

O que é banco de dados?

Um banco de dados é um repositório que contém um conjunto organizado de dados armazenados em um computador ou na nuvem. Ele é utilizado para armazenar, gerenciar e recuperar informações de forma eficiente. O tipo de dado armazenado define a classificação do database. Os bancos de dados são amplamente utilizados em várias aplicações, incluindo gerenciamento de recursos empresariais (ERP), sistemas de gerenciamento de relacionamento com clientes (CRM), sistemas de gestão de conteúdo (CMS), aplicativos de comércio eletrônico e muito mais. Eles permitem que as empresas armazenem, gerem e recuperem informações valiosas sobre seus negócios, o que é essencial para a tomada de decisão e para a competitividade no mercado.

Qual é a importância de um banco de dados?

Com a quantidade crescente de dados gerados e armazenados diariamente, podemos dizer que os bancos de dados são extremamente importantes para a revolução digital que estamos vivendo. Para além de um repositório de informações organizadas, tecnologias como big data, machine learning e inteligência artificial transformaram os dados em um ativo altamente estratégico e valioso para as organizações. Porém, eles precisam de um local para serem armazenados. De maneira geral, os bancos de dados são importantes por vários motivos, incluindo:

  • Eficiência no armazenamento de dados – oferecem uma maneira organizada e eficiente de armazenar grandes quantidades de dados, permitindo que as empresas acessem e recuperem informações facilmente.
  • Tomada de decisão – dados fornecem informações valiosas que podem ser usadas para a tomada de decisões estratégicas e para melhorar a competitividade das empresas no mercado.

Integração de dados – possibilita que as empresas integrem dados de diferentes fontes e sistemas, o que é importante para a coleta, análise e uso de dados em toda a organização.

Quais são as vantagens de um banco de dados?

Eles são fundamentais para armazenar e gerenciar informações de forma eficiente. Possibilitam uma organização sem precedentes, permitindo acesso rápido e fácil à informação. Além disso, garantem a integridade e consistência dos dados, tornando-os confiáveis.  A segurança dos dados também é garantida através de medidas de segurança implementadas e elaes otimizam o compartilhamento de informações entre diferentes usuários e sistemas, além de possibilitar maior escalabilidade para lidar com o crescimento de dados e aumento de demanda com segurança. Também permitem fácil backup e recuperação de dados em caso de falhas.

Quais são os principais tipos de banco de dados?

Existem diversos tipos, cada um com suas próprias características e usos. A variação geralmente acontece em função do tipo de dado que é armazenado. Veja abaixo os principais tipos de bancos de dados:

Relacional

Um banco de dados relacional é um tipo de repositório que armazena e gerencia informações usando uma estrutura de tabelas relacionadas. É um banco de dados muito comum. Ele usa uma estrutura de tabelas para representar os dados, com cada tabela representando uma entidade ou objeto, e as relações entre as tabelas são estabelecidas através de chaves estrangeiras. Os bancos de dados relacionais são geralmente gerenciados por um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional (DBMS), como o MySQL, Oracle, SQL Server ou PostgreSQL. Eles incluem características como o gerenciamento de transações, segurança de dados e capacidade de realizar consultas avançadas através de linguagem de consulta estruturada (SQL). Eles são particularmente úteis em situações em que os dados devem ser organizados de forma estruturada e relacionamentos precisam ser estabelecidos entre os dados.

Não relacional

Os bancos de dados não relacionais (NoSQL) armazenam e gerenciam informações usando uma estrutura não relacional, como documentos, objetos ou outras estruturas não relacionais. Ao invés de seguir a estrutura tradicional de tabelas relacionadas, como os relacionais, os bancos de dados NoSQL usam uma variedade de modelos de dados, como chave-valor, documento, coluna, gráfico, entre outros. Os bancos de dados NoSQL são projetados para lidar com grandes volumes de dados não estruturados e dados de fluxo, escalando horizontalmente e oferecendo alta disponibilidade e tolerância a falhas. Eles são usados ​​em aplicações como análise de dados em tempo real, processamento de fluxo de dados, jogos, redes sociais e aplicativos web escaláveis. Exemplos de banco NoSQL incluem MongoDB, Couchbase, Cassandra, Riak, Redis e Hbase.

Orientados a objetos

Os bancos de dados orientados a objetos (DBOO) são uma categoria de armazenamento que gerencia informações usando uma representação orientada a objetos, ao invés de uma representação relacional de tabelas. Isso significa que os dados são armazenados e gerenciados como objetos de programação, com suas próprias propriedades e métodos, em vez de tabelas e colunas. Esse tipo de banco de dados possui características como suporte a herança, polimorfismo e associações, o que permite a representação de dados complexos. Eles também incluem características de persistência automática, onde os objetos de programação são automaticamente salvos sem a necessidade de se escrever um código SQL explícito.

Banco de dados de fluxo de dados

Este tipo é usado com o objetivo de armazenar e gerenciar grandes volumes de dados gerados em fluxo, como dados de log, dados de sensores e dados de redes sociais. Exemplos incluem Apache Kafka, Apache Storm e Apache Flink.

Banco de dados de grafos

Feito para armazenar e gerenciar dados relacionais complexos, como redes de amizade, sistemas de recomendação e grafos de ciência de dados. Exemplos incluem Neo4j, JanusGraph e ArangoDB.

Qual é a diferença entre um banco de dados e uma planilha?

A principal diferença entre um banco de dados e uma planilha é a forma como os dados são armazenados e gerenciados. Uma planilha é uma ferramenta de gerenciamento de dados em formato tabular, geralmente criada usando programas como o Microsoft Excel ou Google Sheets. Ela permite a entrada, edição e análise de dados em uma interface de tabela simples e intuitiva. As planilhas são geralmente utilizadas para tarefas menores e menos complexas, como gerenciamento de orçamentos pessoais ou registro de vendas. Já um banco de dados, é uma ferramenta especializada para armazenar e gerenciar grandes quantidades de dados de forma organizada e estruturada. Ele permite o gerenciamento de dados em várias tabelas relacionadas, o que facilita a realização de consultas e análises mais complexas.