27.8 C
São Paulo
sábado, junho 15, 2024
InícioTransformação digitalInovaçãoComputação quântica deve gerar receita para B2B já em 2025, segundo estudo

Computação quântica deve gerar receita para B2B já em 2025, segundo estudo

A computação quântica, embora ainda complexa para a maioria das pessoas, já se mostra uma força capaz de impulsionar expressivamente os negócios. Segundo um novo estudo do Boston Consulting Group (BCG), intitulado “Quantum Computing Is Becoming Business Ready” (A computação quântica está se tornando pronta para os negócios), estima-se que a tecnologia possa gerar entre US$ 450 bilhões a US$ 850 bilhões em receita líquida para empresas, por meio da geração de receita e economia de custos.

A computação quântica de nível empresarial está emergindo e, segundo o BCG, há uma previsão de que começará a gerar valor para as empresas já em 2025, desde que as empresas de hardware de computação quântica continuem a cumprir suas metas de desenvolvimento e que o software seja otimizado para aproveitar ao máximo o hardware.

computacao quantica 2
Imagem gerada por inteligência artificial.

O estudo revela um alerta para as empresas que ainda não começaram a investir na tecnologia: a falta de talentos especializados em computação quântica poderá separar rapidamente as empresas líderes das demais. Para estar no lado certo dessa divisão, os CEOs precisam planejar o uso da computação quântica nos negócios agora.

O mercado global de computação quântica, que totalizou cerca de US$ 614 milhões em 2022, espera um crescimento constante de mais de 25% ao ano, chegando a aproximadamente US$ 1,2 bilhão em 2025. Metade das empresas pesquisadas pelo BCG gastam mais de US$ 1 milhão por ano em computação quântica, e 70% delas investem na tecnologia há mais de três anos.

O relatório indica que, quando a tecnologia estiver consolidada, prevista para 2035, poderá gerar de US$ 450 bilhões a US$ 850 bilhões em receita líquida para usuários. Essa perspectiva atraiu investidores que dobraram os aportes no setor nos últimos três anos, alcançando quase US$ 1,6 bilhão em 2022.

computacao quantica 3
Imagem gerada por inteligência artificial.

A pesquisa aponta também que o domínio da computação quântica será monopolizado por um pequeno número de empresas pioneiras, que se beneficiarão de uma parcela desproporcional do valor criado, estimado em até 90%. Os investidores mais agressivos planejam aumentar seus gastos anualmente, na expectativa de obter vantagem competitiva.

De acordo com o BCG, o primeiro passo para investir na tecnologia é avaliar o potencial da computação quântica para criar valor no setor de atuação, entender como os concorrentes estão se adaptando e o que será necessário para implementar a tecnologia. Alguns setores, como o financeiro, já estão explorando várias possibilidades de uso, como otimização, machine learning e precificação.

Contudo, o principal desafio atual para as empresas que desejam desenvolver um projeto de computação quântica pode ser a dificuldade em contratar profissionais especializados, dada a oferta restrita. Uma estratégia de aquisição de talentos que englobe o recrutamento ou desenvolvimento de líderes com conhecimento em computação quântica e operadores familiarizados com a tecnologia será crucial.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Erika Rodrigues
Erika Rodrigues
Sou repórter e redatora no Itshow. Já produzi diversas matérias como jovem repórter do Núcleo de Jornalismo Investigativo da Record TV, onde também fiz parte da equipe de apuração da Agência Record, abastecendo os principais jornais da casa, além do portal R7. Com dedicação e comprometimento, estou sempre em busca de novos desafios e oportunidades de crescimento em carreira.
Postagens recomendadas
Outras postagens