27.8 C
São Paulo
sábado, junho 15, 2024
InícioLiderança de TIGestão de talentos em TI: 10 dicas para reter os melhores profissionais...

Gestão de talentos em TI: 10 dicas para reter os melhores profissionais para a sua empresa

O que é gestão de talentos

A gestão de talentos é uma abordagem estratégica focada em identificar, cultivar e reter os profissionais mais aptos em um mercado competitivo. No mundo moderno, impulsionado pela tecnologia, essa prática é essencial, uma vez que talentos excepcionais são vitais para manter as organizações no auge da inovação.

Nessa perspectiva, a gestão de talentos combina esforços estratégicos para atrair, contratar e reter profissionais destacados. A integração dessa gestão com os processos tradicionais de RH cria uma estratégia coesa que percorre todo o ciclo de vida do funcionário dentro da organização, assegurando seu engajamento, aprendizado e desenvolvimento contínuo desde o início.

Gestao de talentos 1
Gestão de talentos em TI: 10 dicas para reter os melhores profissionais para a sua empresa 6

No cenário tecnológico atual, a otimização do recrutamento envolve ferramentas avançadas, como sistemas de análise de dados e inteligência artificial, para identificar os melhores talentos com precisão e eficácia. Sobre essa otimização, Heron Fontana, Diretor de Processos de Tecnologia na Neoenergia, menciona: “na NeoEnergia, trabalhamos com uma equipe dedicada a analytics e desenvolvimento de algoritmos de inteligência artificial desde 2020. É mais eficiente, seguro e sustentável desenvolver os talentos internamente, reduzindo custos.”

Programas de onboarding e capacitação

Os programas de onboarding, especialmente no contexto tecnológico, são vitais para garantir que os novos colaboradores compreendam tanto suas responsabilidades técnicas quanto a cultura e os valores da empresa. Heron Fontana destaca: “Cuidar dos nossos talentos, identificar, desenvolver e garantir que eles estejam felizes, que tenham um propósito alinhado com a organização, é uma pauta diária com minha equipe de líderes.”

Banners 1 1536x384 1
Gestão de talentos em TI: 10 dicas para reter os melhores profissionais para a sua empresa 7

Ouça agora o 12º episódio do podcast Itshow!

O investimento em capacitação é essencial, abrangendo não apenas treinamentos técnicos, mas também, o desenvolvimento de  soft skills, como liderança e comunicação eficaz.

A transparência, juntamente com incentivos e benefícios competitivos, são fundamentais para manter os profissionais motivados e engajados. No campo da TI, é importante que os líderes sejam proativos, entendendo e atendendo às necessidades e aspirações de seus talentos, garantindo um ambiente onde possam prosperar e crescer junto à organização.

Por que é importante investir na retenção de talentos

No cenário tecnológico atual, em meio ao paradoxo de elevados índices de desemprego e o fenômeno da “grande resignação” no Brasil, a gestão de talentos surge como um componente estratégico essencial. 

Uma época em que os profissionais não estão simplesmente buscando remuneração, mas também, um ambiente de trabalho saudável e uma qualidade de vida superior.

É o que afirma a reportagem de 2022 da revista Você S/A, em que salários competitivos, ambientes de trabalho mais saudáveis e maior qualidade de vida foram apontados como as principais motivações na retenção de talentos.

Gestao de talentos 3
Gestão de talentos em TI: 10 dicas para reter os melhores profissionais para a sua empresa 8

Perder um talento não é apenas uma questão de ter que recrutar novamente, mas envolve custos tangíveis e intangíveis. Há o impacto imediato nos projetos em andamento devido ao tempo de adaptação do novo colaborador, além dos custos associados à demissão e posterior recontratação.

No entanto, o impacto não se limita apenas aos aspectos financeiros: a perda de um talento pode causar uma perturbação na dinâmica da equipe, no moral dos colegas e, por consequência, na produtividade. 

Sobre a importância de criar um ambiente saudável, Fontana ressalta: “Na NeoEnergia, temos um pipeline de sucessão e mapeamento de posições onde desenvolvemos, reconhecemos, desafiamos e damos autonomia aos nossos talentos. Assim, criamos um ambiente saudável onde as pessoas querem estar.”

Gestão de pessoas x gestão de talentos: qual a diferença?

Em meio ao cenário tecnológico atual, onde as empresas buscam se diferenciar e otimizar seus processos, entender a diferença entre gestão de pessoas e gestão de talentos é fundamental para o sucesso organizacional. 

Ambos os conceitos, apesar de estarem interligados, possuem nuances que os diferenciam e que são essenciais para a administração eficiente do capital humano.

Gestão de pessoas

A gestão de pessoas refere-se ao aspecto administrativo das operações diárias relacionadas aos colaboradores. Ela abrange questões como gerenciamento de férias, administração de benefícios, processamento de salários e atendimento de reclamações. Além disso, também engloba atividades de recrutamento e seleção de pessoas. 

Gestão de talentos

Por outro lado, a gestão de talentos aprofunda-se na visão estratégica do desenvolvimento dos colaboradores. Este enfoque vai além das necessidades operacionais diárias e se concentra no crescimento, capacitação e retenção dos profissionais mais talentosos da organização. 

O objetivo é assegurar que os colaboradores não apenas desempenhem suas funções, mas também evoluam e contribuam para o avanço estratégico da empresa. Em outras palavras, enquanto a gestão de pessoas trata do “agora”, a gestão de talentos tem os olhos voltados para o “futuro”.

Gestao de talentos 2
Gestão de talentos em TI: 10 dicas para reter os melhores profissionais para a sua empresa 9

É fundamental entender essa distinção, especialmente no setor de TI. A tecnologia e as metodologias estão em constante evolução, e ter uma visão estratégica através da gestão de talentos garante que a organização esteja sempre um passo à frente. 

Por outro lado, a gestão de pessoas garante que as operações diárias sejam executadas sem contratempos, criando um ambiente estável para o crescimento.

10 dicas para reter os melhores talentos na sua empresa

1. Treine a equipe constantemente

Investir em formação contínua não apenas equipa os funcionários com as habilidades necessárias para executar suas tarefas de maneira eficiente, mas também, demonstra que a empresa valoriza seu crescimento e desenvolvimento profissional. 

Ao se manterem atualizados com as últimas tendências e práticas do setor, os funcionários podem inovar, tomar decisões mais informadas e contribuir de forma mais significativa para os objetivos da organização.

2. Foque na cultura organizacional

Uma empresa não é feita apenas de produtos, serviços ou lucros; é feita de pessoas e dos valores que elas compartilham. Uma cultura organizacional sólida pode ser a cola que mantém uma equipe unida, promovendo um senso de pertencimento e alinhamento com os valores e metas da empresa. As empresas que promovem uma cultura positiva tendem a ter funcionários mais engajados e satisfeitos.

3. Ofereça bons benefícios

Em um mundo onde as empresas competem pelos melhores talentos, os benefícios oferecidos podem ser um diferencial. Mais do que apenas compensação financeira, os benefícios refletem como uma empresa cuida de sua equipe. 

Flexibilidade de horário, saúde e bem-estar, oportunidades de aprendizado contínuo e apoio emocional são apenas alguns exemplos que podem fazer uma diferença significativa na vida dos funcionários.

4. Faça avaliações de desempenho constantemente

As avaliações regulares não são apenas uma oportunidade para fornecer feedback, mas também, uma chance de ouvir. Elas oferecem uma estrutura para que os gestores e a equipe discutam desafios, celebrem sucessos e definam metas futuras. 

Este processo contínuo de comunicação ajuda a garantir que todos estejam na mesma página e se movendo na mesma direção.

5. Conte com as ferramentas certas para o trabalho

Equipar a equipe com as ferramentas certas não é apenas uma questão de eficiência, mas também, de respeito. Quando os funcionários têm os recursos certos ao seu alcance, eles podem realizar seu trabalho com confiança e eficácia. 

Além disso, isso demonstra que a empresa está investindo em sua capacidade de entregar os melhores resultados.

6. Construa uma relação de confiança com a equipe

A confiança é o alicerce de qualquer relacionamento saudável, inclusive no ambiente de trabalho. Em um ambiente onde os funcionários confiam em seus líderes e vice-versa, há mais disposição para correr riscos, inovar e comunicar aberta e honestamente qualquer imprevisto. Este é um ingrediente vital para um ambiente de trabalho produtivo e positivo.

7. Reconheça que a retenção começa com o recrutamento

Antes mesmo de um funcionário entrar pela porta, o processo de retenção já começou. Ao refinar os processos de recrutamento para alinhar-se com os valores e a cultura da empresa, as empresas têm mais chance de atrair e reter talentos que sejam uma boa adição a longo prazo.

8. Identifique os candidatos que permanecerão

A lealdade e o compromisso são qualidades intangíveis, mas extremamente valiosas. Ao dar valor à longevidade em cargos anteriores e fazer perguntas que revelem o nível de comprometimento de um candidato, as empresas podem aumentar as chances de reter esses talentos por períodos mais longos.

9. Identifique aqueles que compartilham de sua visão

Uma visão compartilhada é uma força poderosa. Quando os funcionários acreditam no que a empresa está tentando alcançar, eles ficam mais propensos a se dedicar e a fazer o que for necessário para alcançar esses objetivos. Isso não só beneficia a empresa, mas também dá aos funcionários um senso de propósito e direção.

10. Forneça educação contínua e caminhos claros para o avanço

Todos querem sentir que estão avançando em sua carreira. Ao oferecer oportunidades claras de crescimento e desenvolvimento, as empresas não apenas retêm talentos, mas também, cultivam futuros líderes. Estas oportunidades reforçam o compromisso da empresa com o desenvolvimento contínuo de sua equipe. 

Gestão de profissionais de TI: Investindo na formação interna e autonomia para alcançar a inovação em IA

A gestão e o desenvolvimento de talentos emergem como elementos essenciais no cenário tecnológico atual, especialmente no domínio da inteligência artificial (IA). Líderes de organizações proeminentes, como a NeoEnergia, reconhecem o valor de investir internamente na formação de equipes dedicadas à analítica e ao desenvolvimento de algoritmos de IA, ao invés de depender da contratação externa. 

Banners 1536x384 1
Gestão de talentos em TI: 10 dicas para reter os melhores profissionais para a sua empresa 10

Baixe agora o nosso material de apoio e saiba mais sobre como ser um líder de sucesso!

Esse investimento não apenas otimiza os processos e mantém a empresa na vanguarda da inovação, mas também constrói uma base robusta de conhecimento e expertise.

O trabalho em campos como analytics e IA exige um ambiente exploratório, reconhecendo que erros são aprendizados e etapas inevitáveis no processo de descoberta. Para a alta liderança de TI, é fundamental entender que esses campos estão em constante evolução, requerendo confiança, flexibilidade e autonomia. Esta perspectiva transforma desafios em oportunidades de crescimento e consolida o papel da gestão eficaz de talentos como alicerce para o sucesso futuro.

Fernanda Martins
Fernanda Martins
Formada em Letras, com pós em mídias sociais, e redatora do portal de notícias Itshow. Já escreveu para vários blogs de cultura pop, produziu conteúdo no Facebook e no Instagram sobre literatura e até escreveu algumas fanfics pela internet. Hoje, se especializa em redação e usa suas habilidades de escrita crítica e literária para trazer mais sensibilidade aos textos e continuar fazendo o que ama.
Postagens recomendadas
Outras postagens