28.8 C
São Paulo
quarta-feira, fevereiro 28, 2024
InícioLiderança de TILiderança em TI: 6 competências que todo líder de TI deve ter

Liderança em TI: 6 competências que todo líder de TI deve ter

O que é a liderança em TI?

A transformação dos processos em TI reflete uma transição do modelo fordiano para um paradigma ágil, onde a definição de papéis em equipes multidisciplinares torna-se primordial. No contexto atual, cada membro, independente de seu cargo, deve abraçar atividades de gestão e liderança, focando não só em habilidades técnicas, mas também em gestão de pessoas e capacidades de negociação.

Heron Fontana, Diretor de Processos de Tecnologia na Neoenergia e convidado do 12º episódio do podcast Itshow, descreve um ponto essencial em sua trajetória: “a oportunidade de liderar equipes surgiu, eu estava na distribuidora Electro, que é uma das distribuidoras do nosso grupo, quando tive a oportunidade de liderar projetos e um projeto muito bacana que foi de otimização logística.”

Para a alta liderança de TI, a adaptabilidade é essencial. Um líder eficaz é aquele que mescla diferentes estilos de liderança – autocrático, liberal e democrático – adaptando-se à cultura organizacional e ao projeto específico, sempre com um olhar atento às necessidades e características da sua equipe. Em um cenário onde a mudança é constante, essa flexibilidade determinará o sucesso da liderança.

Como se aprimorar

O ambiente volátil da TI apenas reforça o valor dos profissionais da área, visto que a transformação é uma constante. Por isso, a capacitação emerge como o pilar central para a evolução profissional, combinando habilidades técnicas com competências comportamentais.

Fontana também compartilha sua experiência, dizendo: “uma das oportunidades onde eu apliquei inteligência artificial foi a base para meu mestrado, e ali eu peguei gosto, é bacana trabalhar com pessoas que você agrega conhecimentos e liderar equipes, dar a direção pra equipe, construir, entregar, isso é muito bacana, muito prazeroso.”

Ouça agora o episódio 12 do podcast Itshow!

A liderança em TI, agora, não é um privilégio dos cargos de alta administração, mas sim, um atributo desejável em todos os níveis. Com organizações buscando operar de maneira mais enxuta, espera-se que cada profissional incorpore uma postura de liderança, abraçando a multidisciplinaridade.

A combinação de gestão, liderança, visão de negócios e entendimento de mercado se torna essencial para aqueles que almejam liderar e causar impacto no cenário tecnológico atual.

A importância da especialização

A pós-graduação, em particular, com cursos como Engenharia de Software Ágil e MBA em Segurança Cibernética, não só aprofunda conhecimentos técnicos, mas também contextualiza os profissionais para desenvolver soluções de negócios alinhadas às demandas atuais.

O papel do profissional de TI evoluiu: não basta somente executar tarefas, ele deve ser capaz de compreender o cenário em que está inserido e propor inovações tecnológicas coerentes com o contexto.

No “novo normal”, a flexibilidade e adaptabilidade são essenciais. Assim, para a alta liderança de tecnologia da informação, reforça-se a mensagem: a excelência na carreira é reflexo direto do investimento em desenvolvimento de competências. “Num determinado momento, liderando um projeto, me chamou, brilhou os olhos, é muito legal também trabalhar liderando uma equipe e depois assumir posições como gerente, como superintendente, e há dois anos como diretor da área de tecnologia, processo de tecnologia da Neoenergia,” comenta Fontana.

Porque a sua empresa precisa de líderes

A liderança é uma peça-chave na engrenagem corporativa, especialmente quando falamos da área de TI. A pesquisa realizada pela Great Place to Work em 2022 corrobora com esta afirmação, mostrando que o papel da liderança se mantém fundamental nas organizações, quando 94,3% dos profissionais de RH e líderes consultados apontaram que suas empresas pretendiam investir no desenvolvimento de lideranças neste ano. Essa liderança, contudo, deveria abraçar qualidades vitais como o alinhamento estratégico, empatia, gestão humanizada e a habilidade de se adaptar a mudanças.

Motivação da equipe e segurança psicológica: os benefícios de líderes eficazes

Uma equipe motivada é uma equipe produtiva. Através de uma influência positiva na cultura organizacional, os líderes têm o poder de direcionar, inspirar e motivar. Entre as práticas eficazes que podem ser adotadas, destacam-se a análise do clima organizacional, investimento no desenvolvimento de colaboradores, feedback constante e a concessão de autonomia à equipe.

Além da motivação, outro aspecto importante é a segurança psicológica. Criar um ambiente onde os membros da equipe sentem-se seguros para expressar ideias, aprender com erros e se engajar em discussões enriquecedoras é fundamental. 

Para solidificar essa sensação de segurança, é essencial garantir que os colaboradores tenham voz ativa, se sintam valorizados e parte integrante da equipe. A prática das reuniões one-on-one e feedbacks contínuos são ferramentas valiosas neste processo, solidificando a confiança entre líderes e liderados.

6 características indispensáveis para todo bom líder de TI

1. Inquisitivo

A capacidade de visualizar problemas através da lente da tecnologia, complementando a perspectiva da organização, é uma virtude. E essa visão vem com uma inquisitividade natural e uma disposição para fazer as perguntas certas. 

Seja qual for a conversa com as partes interessadas, deve-se ter uma curiosidade que desafia o status quo e busca constantemente explorar novos insights e abordagens. A adaptabilidade e o desejo de crescer junto com a evolução da tecnologia e dos negócios são indispensáveis.

2. Visão

A inovação e um espírito curioso são qualidades fundamentais que não podem ser improvisadas. Um líder de TI precisa antecipar o futuro, avaliando as tecnologias atuais, identificando inovações em potencial e testando sistemas. Sem uma abordagem proativa para explorar e adotar novas tendências tecnológicas, uma organização corre o risco de ficar para trás. O compromisso com a vanguarda tecnológica não só reduz os custos de TI, mas também, pavimenta o caminho para uma automação eficaz e uma equipe mais engajada.

3. Humildade

Mais do que ter insights e visão, um líder de TI deve possuir humildade, o que permite que os líderes inspirem e apoiem suas equipes de forma genuína, valorizando as contribuições de cada membro. Confiar na equipe constrói um ciclo de confiança, resultando em líderes e equipes que são mutuamente confiáveis e produtivas. Aprender com falhas, refletindo sobre elas e usando-as como trampolins para o crescimento é um sinal de humildade em ação.

4. Unificador

Os líderes de TI modernos são colaboradores natos, servindo como agentes que unem e melhoram equipes corporativas. Com tecnologia e estratégia de negócios entrelaçadas, a liderança de TI precisa colaborar com diversos stakeholders para alcançar o sucesso. A colaboração não só fortalece as equipes internas, mas também, solidifica relações com clientes, parceiros de negócios e fornecedores.

5. Otimismo

Em tempos de desafio e incerteza, a capacidade de infundir otimismo é essencial. Os líderes devem servir como faróis de esperança e positividade, inspirando suas equipes a perseguir objetivos maiores. Esta atitude otimista, quando enraizada na autenticidade e no propósito, pode moldar a cultura da empresa e catalisar abordagens inovadoras para resolver problemas.

6. Empatia

Mais do que qualquer habilidade técnica ou estratégica, a empatia é o que realmente conecta um líder a sua equipe. É essa humanidade que convence os funcionários de que estão sendo verdadeiramente valorizados. Mostrar empatia pode vir de formas variadas, desde reconhecer a importância das conexões humanas até guiar com sensibilidade durante conversas difíceis. Ao nutrir relações fortes e autênticas, os líderes de TI podem cultivar equipes mais coesas e produtivas, prontas para inovar e impulsionar o crescimento dos negócios.

Como reconhecer líderes em potencial

Observação de habilidades e comportamento

Como líderes experientes, sabemos que a verdadeira liderança não é apenas uma questão de título. Ela é evidente nas ações cotidianas e na capacidade de influenciar positivamente aqueles ao redor. Ao avaliar potenciais líderes, priorize aqueles que demonstram proatividade, comunicação clara e equilíbrio emocional. Essas são características intrínsecas de líderes eficazes na esfera da TI.

Diálogos individuais para entender motivações

Cada membro da equipe é único, com aspirações distintas. Através de conversas one-to-one, podemos descobrir quais profissionais são intrinsecamente motivados pela ideia de liderança e quais têm reservas. Isso nos permite direcionar recursos e oportunidades de desenvolvimento para aqueles que genuinamente desejam liderar.

Lideranças técnicas em projetos específicos

Os tech leaders desempenham um papel essencial ao servir de ponte entre as complexidades técnicas e a equipe. Ao designar líderes técnicos em projetos, você não só melhora a eficácia do projeto, mas também testa e desenvolve a capacidade de liderança de indivíduos em contextos específicos.

Desenvolvimento de líderes através de programas de formação

A formação de liderança é uma jornada, não um destino. Enquanto a mitologia popular pode glorificar o “líder nato”, a realidade é que as habilidades de liderança são cultivadas e refinadas ao longo do tempo. Investir em programas de formação não apenas capacita, mas também demonstra o compromisso da organização com o crescimento pessoal e profissional.

Iniciativas de coaching

As situações que desafiam e estiram a capacidade de um profissional são inestimáveis para identificar e cultivar líderes. Através de oportunidades de coaching, profissionais podem experimentar, em primeira mão, os desafios e recompensas da liderança, preparando-os para papéis mais amplos no futuro.

“Cuidar dos nossos talentos, identificar, desenvolver e garantir que eles estejam felizes, que tenham um propósito alinhado com a organização, é uma pauta diária”, enfatiza Fontana.

Ferramentas de avaliação e testes de personalidade

No mundo complexo da TI, as ferramentas analíticas nos oferecem insights objetivos sobre potenciais líderes. Ao usar avaliações preditivas e testes de personalidade, podemos ganhar uma compreensão mais profunda das capacidades inerentes de um indivíduo, bem como de seus possíveis pontos cegos.

Solicite feedback e busque evidências

A reputação de um profissional costuma preceder a percepção direta que temos dele. Consultar colegas e subordinados diretos pode oferecer perspectivas valiosas sobre a capacidade de liderança de um indivíduo. Além disso, buscar evidências tangíveis de sucesso, como projetos concluídos e feedback positivo, pode solidificar nossa confiança em potenciais líderes.

Quer saber mais sobre como ser um líder de sucesso? Baixe agora o nosso material de apoio!

A junção entre habilidades de liderança e técnicas na carreira de TI

Ao longo das trajetórias profissionais, surgem momentos-chave em que habilidades técnicas e liderança se entrelaçam, dando espaço para o crescimento e prosperidade individuais. Essa intersecção pode ser exemplificada pela incorporação de tecnologias, como a inteligência artificial, que potencializa não apenas inovações técnicas, mas também oportunidades acadêmicas e de liderança. 

No entanto, ao aspirar posições de destaque no campo da TI, é essencial reconhecer que, mais do que a expertise técnica, a capacidade de guiar e motivar equipes é determinante para o sucesso. O cuidado e a atenção ao elemento humano são centrais; ao valorizar e investir nas pessoas, assegura-se que elas, por sua vez, zelarão pelos processos e tecnologias que compõem a espinha dorsal das operações cotidianas.

Fernanda Martins
Fernanda Martins
Formada em Letras, com pós em mídias sociais, e redatora do portal de notícias Itshow. Já escreveu para vários blogs de cultura pop, produziu conteúdo no Facebook e no Instagram sobre literatura e até escreveu algumas fanfics pela internet. Hoje, se especializa em redação e usa suas habilidades de escrita crítica e literária para trazer mais sensibilidade aos textos e continuar fazendo o que ama.
Postagens recomendadas
Outras postagens