14.1 C
São Paulo
segunda-feira, julho 22, 2024
InícioCibersegurançaMicrosoft nega roubo de credenciais de 30 milhões de clientes por ataque...

Microsoft nega roubo de credenciais de 30 milhões de clientes por ataque DDoS

Em resposta às alegações feitas pelo grupo hacker a Microsoft firmou sua posição, negando veementemente o suposto roubo de um banco de dados contendo mais de 30 milhões de credenciais.

Segundo o grupo hacker autodenominado Anonymous Sudan, conhecido por seus ataques DDoS contra várias entidades ocidentais, a Microsoft teria sido sua última vítima. Alegando afiliação à notória gangue pró-Rússia, Killnet, o grupo afirmou ter obtido sucesso na invasão de um banco de dados significativo da gigante da tecnologia. Eles proclamaram ter em mãos dados detalhados de mais de 30 milhões de contas, incluindo e-mails e senhas de clientes.

Computador com logotipo para da Microsoft que negou o roubo de credenciais por ataque DDoS.
Imagem gerada por inteligência artificial.

Em resposta, a Microsoft expressou firmemente que nenhuma violação de tal magnitude ocorreu. A gigante da tecnologia, líder em serviços de nuvem com Azure, é uma força imparável na produtividade do escritório com serviços como Outlook e OneDrive, manteve sua posição, assegurando aos clientes que seus dados permanecem seguros e intactos.

Embora a Microsoft tenha admitido que o Anonymous Sudan foi responsável por interrupções em seus serviços no início de junho, ela sustenta que esses incidentes não resultaram em nenhum roubo de dados. Ainda assim, as alegações do grupo hacker levantam questões sobre a segurança cibernética e a proteção de dados em grandes corporações.

Empresa para representar a Microsoft que negou o roubo de credenciais por ataque DDoS.
Imagem gerada por inteligência artificial.

Desafios e soluções em segurança cibernética

Na era digital, a segurança cibernética tornou-se uma preocupação para empresas de tecnologia. Com cada vez mais dados armazenados digitalmente, a proteção dessas informações é primordial. O posicionamento da Microsoft ressalta sua dedicação à segurança cibernética e à proteção dos dados do cliente.

Para os clientes, essa postura sublinha a importância da segurança de dados. Eles são lembrados de que, embora as empresas possam ter protocolos rigorosos de segurança, também é responsabilidade do usuário manter suas informações pessoais seguras e protegidas.

Com informações do Security Report.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Erika Rodrigues
Erika Rodrigues
Sou repórter e redatora no Itshow. Já produzi diversas matérias como jovem repórter do Núcleo de Jornalismo Investigativo da Record TV, onde também fiz parte da equipe de apuração da Agência Record, abastecendo os principais jornais da casa, além do portal R7. Com dedicação e comprometimento, estou sempre em busca de novos desafios e oportunidades de crescimento em carreira.
Postagens recomendadas
Outras postagens