14.1 C
São Paulo
segunda-feira, julho 22, 2024
InícioTransformação digitalA Revolução do Mobile Banking no Brasil: Crescimento de 251% em 5...

A Revolução do Mobile Banking no Brasil: Crescimento de 251% em 5 Anos

Nos últimos cinco anos, o mobile banking no Brasil experimentou um crescimento impressionante de 251%, consolidando-se como o canal preferido dos brasileiros para transações bancárias. De acordo com a Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2024, realizada pela Deloitte, sete em cada dez transações bancárias são realizadas pelo celular, evidenciando uma mudança significativa no comportamento dos consumidores.

Transformação Digital nas Transações Bancárias

O uso de dispositivos móveis para transações bancárias no Brasil cresceu significativamente nos últimos anos. Em 2023, 79% das transações bancárias foram realizadas por canais digitais, incluindo mobile banking, internet banking e aplicativos de mensagens​​. Este crescimento foi impulsionado pela conveniência e eficiência oferecidas pelos smartphones, que possibilitam aos usuários realizarem operações bancárias a qualquer hora e em qualquer lugar.

A Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária revelou que, em 2023, foram realizadas 130,7 bilhões de operações bancárias por smartphones, um aumento de 22% em relação ao ano anterior​​. Esta tendência reflete a rápida adoção do mobile banking como o principal meio de interação entre bancos e clientes no Brasil. A popularidade do mobile banking está associada a fatores como a praticidade e a segurança das transações, além da constante inovação tecnológica que permite a inclusão de novas funcionalidades e melhorias na experiência do usuário.

A transformação digital não se limita apenas ao aumento no número de transações, mas também envolve uma mudança no comportamento dos consumidores. A pesquisa indica que 72% dos clientes ativos no mobile banking são heavy users, ou seja, utilizam o canal para mais de 80% de suas transações bancárias​​. Esse comportamento reflete a confiança dos usuários na segurança e na eficiência dos serviços oferecidos pelos bancos através de seus aplicativos móveis.

“O celular se consolidou como o canal preferido dos brasileiros para suas operações bancárias. A pesquisa mostra mais uma vez a grande aceitação do público com o mobile banking, devido à eficiência e praticidade nas operações do dia a dia. O brasileiro é um povo tecnológico e a tendência é que as transações com o smartphone continuem em ascensão”, avalia Rodrigo Mulinari, diretor responsável pela Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária​​.

A aceitação massiva do mobile banking também impulsiona os bancos a investir continuamente em tecnologia e segurança. Com o aumento das transações digitais, os desafios relacionados à cibersegurança se tornam mais evidentes, exigindo medidas robustas para proteger os dados dos clientes e garantir a integridade das operações. Além disso, a competição entre instituições financeiras para oferecer a melhor experiência ao cliente incentiva a inovação e o desenvolvimento de novas funcionalidades que agregam valor ao serviço prestado.

Impacto do Mobile Banking na Indústria de TI

O crescimento do mobile banking não apenas transformou o setor bancário, mas também teve um impacto significativo na indústria de TI. A necessidade de desenvolver e manter plataformas seguras e eficientes para mobile banking impulsionou a demanda por soluções tecnológicas avançadas. Além disso, a cibersegurança tornou-se uma prioridade, à medida que o volume de transações digitais aumentou exponencialmente.

Rodrigo Mulinari, diretor responsável pela Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária, destaca a importância da inovação contínua para melhorar a experiência do usuário e garantir a segurança das transações​​. A pesquisa também revelou que 72% dos clientes ativos no mobile banking são heavy users, realizando mais de 80% de suas transações por meio deste canal nos últimos três meses​​.

Com o aumento das transações digitais, os desafios relacionados à cibersegurança se tornam mais complexos. As instituições financeiras precisam investir em soluções de segurança avançadas para proteger os dados dos clientes e prevenir fraudes. Além disso, a regulamentação de dados e a conformidade com normas de proteção de informações pessoais, como a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no Brasil, são fundamentais para garantir a privacidade dos usuários.

A transformação digital também exige que os bancos se adaptem rapidamente às mudanças tecnológicas. A integração de novas tecnologias, como inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina, permite melhorar a personalização dos serviços e aumentar a eficiência operacional. Essas tecnologias podem ser usadas para analisar grandes volumes de dados e fornecer insights valiosos que ajudam a aprimorar a experiência do cliente e identificar oportunidades de negócios.

Outro aspecto importante é a capacitação da força de trabalho. Com a crescente digitalização dos serviços bancários, há uma demanda crescente por profissionais qualificados em TI e cibersegurança. Investir em treinamento e desenvolvimento de habilidades é essencial para que as instituições financeiras possam acompanhar as inovações tecnológicas e manter a segurança e a eficiência de suas operações.

“Fica claro que o mobile banking se consolidou como o principal canal de relacionamento dos bancos com seus clientes, resultado dos avanços tecnológicos, da cibersegurança e da mudança no comportamento do consumidor nos últimos anos. Apesar deste domínio do mobile, ainda há muito espaço para avançarmos neste canal, principalmente na experiência entregue e na assertividade do relacionamento desenvolvido neste ambiente. Isto reforça a importância de continuarmos investindo em tecnologia e inovação, para oferecer experiências cada vez mais personalizadas e eficientes”, avalia Biagini​​.

imagem 01
A Revolução do Mobile Banking no Brasil: Crescimento de 251% em 5 Anos 4

A Ascensão do Pix e Outros Canais Digitais

Outro destaque da pesquisa foi o crescimento do Pix, que consolidou sua adesão no mercado brasileiro e continua a surpreender com seu rápido crescimento. Em 2023, a quantidade de transações com o Pix cresceu 74%, passando de 24,1 bilhões para 41,9 bilhões​​. Este sistema de pagamento instantâneo tem se mostrado uma ferramenta crucial para a bancarização e a inclusão financeira no país.

O Pix não apenas facilitou as transações entre indivíduos, mas também tem sido amplamente adotado por empresas. A Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária revelou que, em 2023, quase metade dos usuários cadastrados no Pix realiza cerca de 30 operações mensais para pessoa física e 50 operações mensais para pessoa jurídica​​. Este crescimento demonstra a versatilidade e a eficiência do Pix como meio de pagamento.

imagem 03
A Revolução do Mobile Banking no Brasil: Crescimento de 251% em 5 Anos 5

Além do Pix, os aplicativos de mensagens instantâneas também registraram um aumento significativo no uso para transações bancárias. Entre 2022 e 2023, as transações via aplicativos de mensagens aumentaram 76%, passando de 70,9 milhões para 125,2 milhões. Embora ainda representem uma menor parcela das transações totais, esses canais oferecem mais uma opção conveniente para os clientes realizarem suas operações financeiras.

imagem 02
A Revolução do Mobile Banking no Brasil: Crescimento de 251% em 5 Anos 6

A adoção crescente do Pix e de outros canais digitais reflete a mudança no comportamento dos consumidores, que buscam cada vez mais praticidade e eficiência nas suas transações financeiras. As instituições financeiras precisam continuar inovando e investindo em tecnologia para atender às expectativas dos clientes e manter a competitividade no mercado. Além disso, a segurança continua sendo um fator crucial, e é fundamental que os bancos implementem medidas robustas para proteger as transações e os dados dos usuários.

A revolução do mobile banking no Brasil é um claro indicativo de como a tecnologia está transformando o setor financeiro. Com um crescimento de 251% em cinco anos, este canal tornou-se o preferido dos brasileiros para suas operações bancárias. A contínua inovação tecnológica e a ênfase na cibersegurança são essenciais para sustentar essa tendência e oferecer uma experiência cada vez mais eficiente e segura aos usuários.

A pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2024 destaca a importância de continuar investindo em tecnologia e inovação para atender às demandas dos consumidores e garantir a segurança das transações. À medida que o mobile banking e outros canais digitais se tornam cada vez mais populares, as instituições financeiras precisam se adaptar rapidamente às mudanças tecnológicas e aos desafios de segurança. Com a crescente digitalização dos serviços bancários, o futuro do setor financeiro no Brasil parece promissor, com oportunidades para inovação e crescimento contínuo.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Lairiane Brasil
Lairiane Brasil
Formada em Direito, redatora e publisher no portal de notícias Itshow. Possui uma rica experiência em contribuir para blogs renomados, incluindo Seu Crédito Digital, Multiverso Notícias e Meu Banco Digital. Atualmente, aprimora seus conhecimentos sobre redação e marketing de conteúdo, sempre buscando inovar e trazer novas perspectivas para o universo digital.
Postagens recomendadas
Outras postagens