25.5 C
São Paulo
sábado, junho 15, 2024
InícioInfraestrutura e TIO que é gerenciamento de rede e quais benefícios ele traz para...

O que é gerenciamento de rede e quais benefícios ele traz para o seu negócio

No mundo corporativo globalizado de hoje, a gestão de redes desempenha um papel importante para o sucesso e a eficiência das operações empresariais. Esta tarefa complexa exige não apenas uma compreensão técnica profunda, mas também uma habilidade única para manter a proximidade e entender as nuances de equipes espalhadas por diversas regiões. 

Cada localidade, com suas características e desafios específicos, contribui para a tapeçaria multifacetada da rede global de uma empresa. Portanto, é fundamental para os gestores de redes estabelecer uma estratégia unificada que mantenha a coesão em todos os níveis operacionais, ao mesmo tempo em que respeite as especificidades locais.

Essa abordagem integrada abrange várias dimensões-chave. Primeiro, a capacidade de suportar a tomada de decisões em um ambiente dinâmico e, muitas vezes, imprevisível é essencial. 

Além disso, o alinhamento estratégico entre as equipes globais e locais garante que todos estejam trabalhando em prol de objetivos comuns, enquanto a padronização dos processos assegura uma operação eficiente e harmoniosa em todas as regiões. A gestão eficaz dos fornecedores, por sua vez, mantém a cadeia de suprimentos funcionando sem interrupções e com máxima eficiência.

Neste contexto, a comunicação constante e sem barreiras surge como um fator determinante para o sucesso. Ela permite não só a rápida resolução de problemas, mas também a disseminação eficiente de informações e práticas recomendadas em toda a organização. 

gestão de redes
Imagem gerada com Inteligência Artificial (IA)

Liliana Fernandez, Global Senior Manager de Redes e Comunicação na ADM e convidada do segundo episódio do Especial Conectividade, promovido pela CommScope e pelo podcast Itshow, ressalta a importância de manter uma proximidade com as equipes locais, oferecendo suporte decisivo e buscando uma estratégia unificada e padronizada, especialmente no que diz respeito à gestão de fornecedores. 

Essa abordagem integrada não é apenas uma questão de eficiência operacional, mas também uma estratégia crítica para garantir a continuidade dos negócios em um ambiente global cada vez mais interconectado.

Portanto, a gestão de redes em uma escala global exige uma combinação equilibrada de visão estratégica, habilidades de comunicação eficazes e um entendimento profundo das variadas dinâmicas regionais. 

Ao abraçar esses desafios e adaptar-se a eles, os gestores de redes podem assegurar não apenas a continuidade das operações, mas também contribuir para o crescimento e sucesso sustentável da empresa em um cenário empresarial global em constante evolução.

O que é gestão de rede

Atualmente, a grande maioria das empresas depende de redes que funcionem de maneira eficiente e ininterrupta todos os dias da semana. Uma gestão de redes efetiva previne atrasos operacionais e falhas significativas, que poderiam afetar negativamente os negócios. O objetivo principal da gestão de redes é assegurar que os usuários finais tenham acesso contínuo aos recursos necessários, mantendo a usabilidade em níveis ótimos.

No âmbito do desempenho, a gestão de redes é responsável por identificar e resolver problemas e gargalos que poderiam obstruir os processos internos e prejudicar a experiência do usuário. 

As funções e os eventos monitorados por ferramentas de gerenciamento de rede variam conforme as políticas e os objetivos específicos de cada organização. No entanto, é essencial que um sistema de gerenciamento de rede empresarial seja proativo, alertando sobre potenciais problemas antes que eles ocorram, diferente de ferramentas menos avançadas que só reportam erros após sua ocorrência, algo inadmissível em redes de importância crítica.

À medida que o volume de dados aumenta, crescem também os desafios associados. Portanto, para uma visão abrangente das operações de rede, é necessário categorizar os eventos de forma mais detalhada, indo além da simples verificação do status ligado/desligado.

Gerenciar uma rede envolve a administração e o monitoramento contínuo de todos os seus componentes. Isso inclui o registro de todos os dispositivos conectados à rede (inventário), o monitoramento do funcionamento desses componentes e a medição constante do desempenho da rede. Com essas práticas, as empresas conseguem otimizar a capacidade da rede, aumentando sua confiabilidade, produtividade e desempenho.

O objetivo final da gestão de redes é minimizar os riscos, eliminar inatividades e lentidões, e apoiar o crescimento contínuo dos negócios. Através de um gerenciamento eficiente, as organizações ganham maior visibilidade sobre suas redes, identificam com mais precisão os dispositivos conectados, monitoram padrões de tráfego e uso, e conseguem identificar e solucionar problemas de maneira eficaz.

AnyConv.com 1
O que é gerenciamento de rede e quais benefícios ele traz para o seu negócio 5

Ouça agora o segundo episódio do Especial Conectividade by CommScope!

Por que o gerenciamento de rede é importante

A rede é o alicerce de todas as conexões vitais de uma empresa, abrangendo locais remotos, filiais, campi, data centers e nuvens, tanto públicas quanto privadas. Essa infraestrutura de rede desempenha um papel importante ao permitir uma série de funcionalidades essenciais para o funcionamento dos negócios. 

Entre essas funcionalidades, incluem-se a disponibilidade contínua para serviços e aplicações de negócios, acesso seguro para uma variedade de dispositivos, usuários e clientes – incluindo dispositivos de Internet das Coisas (IoT) – e  fluxo ininterrupto de dados, desde sua geração (por usuários e dispositivos IoT na borda) até o ponto de processamento.

Nos últimos três anos, os problemas de rede foram identificados como a principal causa de incidentes em serviços de TI, afetando quase 40% das empresas, muitas das quais experimentaram grandes interrupções devido a erros humanos. Portanto, ferramentas e sistemas eficientes para o gerenciamento de rede são fundamentais, não apenas para facilitar os principais resultados de negócios, mas também para assegurar experiências digitais de alta qualidade. 

Assim, a gestão adequada da rede não é apenas uma questão de manutenção da infraestrutura, mas também um fator crítico para o sucesso e a continuidade dos negócios no ambiente digital atual.

Benefícios da administração de redes

Visibilidade de rede aprimorada

A gestão eficaz da rede oferece às organizações uma visão aprimorada da sua infraestrutura, permitindo a identificação precisa de dispositivos conectados e o monitoramento de padrões de tráfego e uso. 

Essa clareza permite diagnosticar e resolver problemas de maneira proativa, otimizando o desempenho geral da rede. Tal nível de percepção é fundamental para evitar interrupções, garantindo que serviços e aplicações críticas permaneçam operacionais.

AnyConv.com 2 1
O que é gerenciamento de rede e quais benefícios ele traz para o seu negócio 6

Quer saber mais sobre gerenciamento de redes? Baixe agora o nosso material de apoio completo!

Redução de interrupções de rede

Interrupções na rede podem ter consequências graves, afetando diretamente a produtividade e a receita das empresas. Implementando estratégias proativas de gerenciamento de rede, as organizações podem diminuir essas interrupções, assegurando uma operação contínua e confiável. 

Segurança de rede reforçada

Um aspecto crítico da gestão de redes é o reforço da segurança. Com um sistema eficaz, as empresas são capazes de monitorar as atividades na rede, detectar ameaças em tempo real, responder rapidamente a incidentes e proteger dados e sistemas organizacionais de ataques. Essa vigilância constante é essencial para manter a integridade da rede e a confidencialidade das informações.

Desempenho de rede otimizado

A gestão de redes possibilita a identificação e resolução antecipada de problemas de desempenho, prevenindo impactos negativos sobre os usuários. Monitorando atentamente o tráfego e os padrões de uso, as empresas podem ajustar e otimizar suas redes para operar com eficiência máxima. Esta otimização assegura que os usuários desfrutem de uma experiência consistente e de alta qualidade ao utilizar a rede.

Aumento da produtividade

Com uma gestão de redes eficiente, as equipes de TI são liberadas de tarefas operacionais repetitivas, podendo se concentrar em iniciativas mais estratégicas. A simplificação e automação das atividades de gerenciamento de rede contribuem para o aumento da produtividade, melhorando a eficiência operacional e reduzindo custos. 

Inovação na gestão de redes: Solucionando problemas com o avanço da tecnologia

À medida que avançamos na era digital, as empresas estão cada vez mais focadas em modernizar seus sistemas de gestão de redes para enfrentar os desafios emergentes e aproveitar as oportunidades de inovação. 

A adoção de AIOps e automação, por exemplo, tem transformado a gestão de redes, permitindo que a inteligência artificial e o machine learning proporcionem insights valiosos a partir de grandes quantidades de dados. Isso não apenas eleva a confiabilidade da rede, mas também melhora o tempo de resolução de problemas e aumenta a eficiência da TI.

gestão de redes
Imagem gerada com Inteligência Artificial (IA)

Além disso, a flexibilidade no consumo tem se mostrado vital, com modelos de implementação baseados na nuvem que suportam licenciamento flexível e modelos de assinatura, otimizando o retorno sobre o investimento, controlando custos e reduzindo o custo total de propriedade. 

A capacidade de programação, impulsionada por arquiteturas baseadas em microsserviços e padrões abertos, oferece um alto grau de interoperabilidade, essencial para a integração de diferentes ferramentas do ecossistema e convergência de IoT, TO e TI.

No que tange à segurança, especialmente em contextos de BYOD e IoT, recursos integrados como a criação de perfis alimentada por IA estão revolucionando a maneira como as empresas enfrentam desafios de visibilidade e segurança. 

Isso inclui a eliminação de pontos cegos na rede e a melhoria da postura geral de segurança, com modelos como o Zero Trust que enfatizam políticas de acesso baseadas em funções e não assumem confiança inerente em pessoas ou dispositivos.

Por fim, a rede baseada em intenção está redefinindo o gerenciamento de redes com fluxos de trabalho definidos por software e baseados em GUI, que simplificam a complexidade das redes físicas subjacentes e expressam claramente as intenções de negócios. 

Todos esses avanços apontam para um futuro em que a gestão de redes será mais intuitiva, segura e eficiente, capacitando as empresas a navegar com sucesso em um mundo cada vez mais conectado e orientado por dados.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Fernanda Martins
Fernanda Martins
Formada em Letras, com pós em mídias sociais, e redatora do portal de notícias Itshow. Já escreveu para vários blogs de cultura pop, produziu conteúdo no Facebook e no Instagram sobre literatura e até escreveu algumas fanfics pela internet. Hoje, se especializa em redação e usa suas habilidades de escrita crítica e literária para trazer mais sensibilidade aos textos e continuar fazendo o que ama.
Postagens recomendadas
Outras postagens