17.6 C
São Paulo
sábado, junho 22, 2024
InícioTransformação digitalTransformação digital no agronegócio: conheça as novas tendências para o setor e...

Transformação digital no agronegócio: conheça as novas tendências para o setor e como implementar com sustentabilidade

O Brasil, um gigante na produção agrícola mundial, tem um papel essencial no mercado global de produtos agrícolas. Com o agronegócio sendo um pilar fundamental da economia nacional, responsável por 25% do PIB e empregando quase 19 milhões de pessoas, enfrenta agora o desafio de se manter à frente em um mundo em constante mudança. A transformação digital entra como um fator chave, que visa tornar os processos agrícolas mais eficientes e acessíveis através da tecnologia moderna.

Apesar da necessidade crítica de conectividade, menos de um quarto do território agrícola brasileiro possui cobertura adequada, revelando uma lacuna significativa que precisa ser preenchida. 

Tecnologias como drones, IoT e sensores avançados são fundamentais para coletar dados essenciais, mas a infraestrutura limitada, os custos para pequenos agricultores e a falta de especialistas em TI no setor representam desafios significativos. 

Para uma integração bem-sucedida da tecnologia no campo, os líderes de TI devem estar atentos às especificidades do agronegócio e preparados para demonstrar o valor e o retorno sobre o investimento dessas inovações.

“Ao falarmos em transformação digital no campo, temos que considerar diversos fatores. A digitalização dos processos é crucial, mas a conectividade é um ponto-chave”, é o que alerta Leonardo Sotocorno, Diretor de TI LATAM na Syngenta e convidado do primeiro episódio do Especial Conectividade, promovido pela CommScope e pelo podcast Itshow.

transformação digital no agronegócio
Imagem gerada com Inteligência Artificial (IA)

Desafios e inovações tecnológicas no agronegócio brasileiro

Além da rentabilidade, o agronegócio global enfrenta a responsabilidade de garantir segurança alimentar para uma população em crescimento, o que a ONU estima que requererá um aumento de 70% na produção de alimentos até 2050 para alimentar uma população de 9,6 bilhões de pessoas. Para atingir esse objetivo, é importante investir em tecnologias que aumentem a eficiência e a produtividade, sempre considerando a sustentabilidade e os impactos ambientais.

O agronegócio brasileiro, em particular, está em ascensão. Um relatório do IPEA destaca um aumento significativo no superávit comercial do setor em 2023, que é atribuído à implementação de soluções tecnológicas inovadoras, que incluem automação, análise de dados, sensoriamento e inteligência artificial. Estudos indicam que uma grande maioria dos produtores brasileiros já adota alguma forma de tecnologia digital, demonstrando o avanço tecnológico no campo.

Essas ferramentas tecnológicas são fundamentais para otimizar o manejo de cultivos, reduzindo desperdícios e minimizando o impacto ambiental. Técnicas como mapeamento de produtividade e sistemas de georreferenciamento são essenciais para o planejamento e gerenciamento eficaz das operações agrícolas. Além disso, a análise preditiva e a automação estão ajudando a superar desafios como a falta de mão de obra e a melhorar a eficiência das operações agrícolas.

Quais são os benefícios da transformação digital no agronegócio

Aumento da produtividade  

O emprego de técnicas como a agricultura de precisão, o uso de drones, sensores e sistemas automatizados de irrigação tem contribuído para uma administração mais eficaz das lavouras. 

Essas tecnologias oferecem dados detalhados sobre o solo, clima e culturas, permitindo aos agricultores aperfeiçoar o uso de insumos, como fertilizantes e pesticidas. Isso não só diminui o desperdício, mas também potencializa a produtividade das plantações. A automação de tarefas repetitivas também melhora a eficiência operacional, direcionando recursos para outras áreas essenciais.

Monitoramento e redução de custos

Com o uso de tecnologia de monitoramento remoto, é possível observar o crescimento das plantações em tempo real e identificar prontamente problemas como pragas, doenças ou escassez de água. 

Essas informações capacitam os agricultores a agir de maneira rápida e eficiente, controlando esses problemas antes que se agravem, o que ajuda a prevenir perdas significativas e a reduzir os custos com tratamentos mais onerosos ou perda de safras.

Banners
Transformação digital no agronegócio: conheça as novas tendências para o setor e como implementar com sustentabilidade 5

Ouça agora o primeiro episódio do Especial Conectividade by CommScope!

Previsibilidade e assertividade nas decisões

O acesso a dados precisos, fornecidos por sensores e softwares avançados, dá aos agricultores a capacidade de tomar decisões mais informadas e estratégicas. Eles podem antever as demandas do mercado, planejar o uso de recursos de acordo com as previsões climáticas e adotar práticas de cultivo mais adequadas para suas propriedades. Isso resulta em maior previsibilidade nos resultados e uma abordagem mais assertiva nas operações agrícolas.

Rastreabilidade e qualidade dos produtos 

A tecnologia moderna facilita a implementação de sistemas de rastreabilidade no agronegócio, permitindo o acompanhamento dos produtos em todas as etapas da cadeia de produção, do plantio até o consumidor final. 

Isso assegura que os alimentos sejam produzidos segundo padrões elevados de qualidade, segurança e sustentabilidade, oferecendo ao consumidor maior confiança quanto à origem e ao processo de produção dos alimentos.

Novas tendências para o setor agro

Mínimo impacto ambiental

Com foco crescente na sustentabilidade, a pecuária está adotando práticas e tecnologias que minimizem o impacto ambiental. Isso inclui o manejo integrado e o uso eficiente de recursos naturais como água e energia, além da implementação de sistemas agroflorestais. Para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, estão sendo desenvolvidas novas tecnologias, incluindo aditivos alimentares e sistemas de biodigestão.

Rastreabilidade na pecuária

A introdução de tecnologias avançadas, como sensores e dispositivos de rastreamento, tem transformado a pecuária. Esses avanços permitem monitorar a saúde do rebanho, alimentação, movimentação e reprodução, resultando em uma gestão mais eficiente e menos perdas. 

Com a crescente demanda por rastreabilidade por parte dos consumidores, a tecnologia possibilita sistemas que rastreiam a origem e a qualidade da carne, assegurando transparência e confiança para o consumidor.

Blockchain e automação

O uso de blockchain está emergindo como uma solução eficaz no agronegócio para melhorar a rastreabilidade e diminuir o desperdício na cadeia produtiva. Através de registros imutáveis e descentralizados, essa tecnologia assegura a rastreabilidade de cada etapa, desde a produção até a entrega ao consumidor. 

Além disso, a automação está se tornando mais acessível, com a adoção de equipamentos automatizados como robôs agrícolas e drones, facilitando processos e reduzindo custos. A utilização de bioinsumos e a valorização do terroir na produção de carne também estão contribuindo para práticas mais sustentáveis e de maior qualidade. 

Inteligência artificial e IoT

A aplicação de inteligência artificial, robótica, telemetria e sistemas de localização, juntamente com a agricultura de precisão e IoT, está aprimorando o monitoramento e manejo das lavouras. Softwares de gestão agrícola e sistemas ERP são fundamentais para uma administração eficiente, oferecendo maior previsibilidade e redução de custos no agronegócio.

Banners 1
Transformação digital no agronegócio: conheça as novas tendências para o setor e como implementar com sustentabilidade 6

Quer saber mais sobre a trasformação digital no agronegócio? Baixe agora o nosso material de apoio completo!

Dicas para implementar a transformação digital no seu negócio com sustentabilidade

Aplique a agricultura de precisão

A agricultura de precisão representa uma abordagem avançada que envolve a coleta detalhada de dados sobre cada metro quadrado de terra cultivável, visando o uso eficiente de insumos. 

Essa estratégia minimiza o desperdício, como perdas de safras devido a práticas de cultivo ineficazes. Além de contribuir para a sustentabilidade, permite ao agricultor um controle mais efetivo sobre a produção e a otimização de resultados.

Adote práticas sustentáveis

A integração da transformação digital no agronegócio pode ser realizada de maneira sustentável ao adotar práticas que minimizem o impacto ambiental. Isso inclui evitar técnicas que prejudiquem a qualidade do solo e levem à desertificação e erosão. É essencial que os agricultores conduzam avaliações para determinar níveis de produção que não causem danos ambientais, mantendo a produtividade do solo a longo prazo.

Utilize o Data Analytics

Usar o Data Analytics no agronegócio envolve a análise de dados coletados no campo para identificar padrões e tendências. Esta metodologia de análise utiliza matemática e estatística para desmembrar e sintetizar informações, possibilitando a previsão de cenários mais promissores. 

Um exemplo prático é a análise de dados do solo, que pode revelar informações sobre nutrientes, umidade e matéria orgânica, permitindo práticas que minimizem impactos negativos no solo. 

Assim, o Data Analytics torna-se uma ferramenta valiosa para a manutenção de práticas agrícolas sustentáveis, fundamentando-se em dados precisos para determinar as melhores abordagens de manejo.

transformação digital no agronegócio
Imagem gerada com Inteligência Artificial (IA)

O futuro do agronegócio através da tecnologia

A tecnologia tem sido um pilar vital para o avanço e a lucratividade do agronegócio, promovendo uma revolução na eficiência e no desempenho financeiro das empresas do setor. 

A automação de tarefas e o emprego de máquinas avançadas, como tratores e drones, estão acelerando processos críticos como plantio e colheita, levando a uma produtividade mais elevada e, por consequência, a lucros maiores. 

Além disso, a adoção de tecnologias como sensores e sistemas de monitoramento está resultando em uma redução significativa dos custos operacionais, pela aplicação precisa de insumos e pela minimização da necessidade de mão de obra manual.

Em paralelo, a transformação digital está expandindo os horizontes comerciais no agronegócio. Plataformas de e-commerce e tecnologias de rastreabilidade melhoram o acesso ao mercado e garantem a qualidade dos produtos, aumentando a demanda e abrindo novas oportunidades de negócios. 

A inovação constante, impulsionada por avanços em biotecnologia, inteligência artificial e agricultura de precisão, está posicionando as empresas na vanguarda do mercado, permitindo que elas ofereçam produtos diferenciados e de maior valor agregado.

O investimento em soluções tecnológicas inovadoras e sustentáveis é fundamental não apenas para o crescimento do agronegócio, mas também para enfrentar os desafios da segurança alimentar e da sustentabilidade a longo prazo. 

Este compromisso contínuo entre governos, produtores e empresas representa uma jornada colaborativa essencial para superar os desafios do setor e promover um futuro mais próspero e sustentável para a agricultura e para a sociedade como um todo.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Fernanda Martins
Fernanda Martins
Formada em Letras, com pós em mídias sociais, e redatora do portal de notícias Itshow. Já escreveu para vários blogs de cultura pop, produziu conteúdo no Facebook e no Instagram sobre literatura e até escreveu algumas fanfics pela internet. Hoje, se especializa em redação e usa suas habilidades de escrita crítica e literária para trazer mais sensibilidade aos textos e continuar fazendo o que ama.
Postagens recomendadas
Outras postagens