20.4 C
São Paulo
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
InícioCibersegurançaSaseZero Trust: entenda o conceito e a arquitetura de segurança

Zero Trust: entenda o conceito e a arquitetura de segurança

A Zero Trust, ou confiança zero, é um conceito de segurança que está ganhando popularidade entre as organizações para proteger suas redes e dados. Ele se concentra na ideia de “nunca confie, sempre verifique”, o que significa que todas as solicitações devem ser autenticadas e autorizadas antes que possam acessar qualquer recurso.

A arquitetura de confiança zero requer um conjunto abrangente de ferramentas e tecnologias para garantir que todas as solicitações sejam autenticadas e autorizadas antes de conceder acesso.

Os benefícios da confiança zero incluem segurança aprimorada, melhor visibilidade da atividade do usuário, risco reduzido de violação de dados e conformidade aprimorada com os regulamentos. Além disso, as organizações podem usar a confiança zero como uma oportunidade para melhorar sua postura geral de segurança implementando práticas recomendadas, como autenticação multifator (MFA) e acesso com privilégios mínimos (LPA).

Neste artigo, discutiremos o que é confiança zero, seus benefícios e algumas dicas para implementá-la em sua organização.

  1. O que é Zero Trust?
  2. O que é um modelo Zero Trust?
  3. Como o Zero Trust funciona?
  4. Componentes do Zero Trust
  5. Benefícios da arquitetura Zero Trust
  6. Por que um modelo de segurança Zero Trust é essencial?
  7. Akamai + Guardicore: Zero Trust de ponta a ponta

O que é Zero Trust?

Zero Trust é uma abordagem de segurança cibernética que se concentra na ideia de nunca confiar em ninguém ou em nada, independentemente de estarem dentro ou fora da rede. Ele assume que todos os usuários e dispositivos não são confiáveis e, portanto, requerem autenticação, autorização e criptografia para cada solicitação de acesso.

O Zero Trust é baseado no princípio do menor privilégio, o que significa que apenas a quantidade mínima de acesso necessária deve ser concedida a qualquer usuário ou dispositivo. A Akamai Technologies é um dos principais fornecedores de soluções Zero Trust, pois oferece um conjunto de produtos e serviços para ajudar as organizações a proteger suas redes contra ameaças externas.

Organograma representando a estrutura do modelo de segurança Zero Trust.

O que é um modelo Zero Trust?

Em 2010, o analista da Forrester Research, John Kindervag, propôs uma solução chamada Zero Trust.

Uma mudança da estratégia do “confiar, mas verificar” para “nunca confiar, mas sempre verificar”. O modelo Zero Trust é uma estrutura de segurança projetada para proteger as organizações contra ameaças cibernéticas, eliminando a confiança de qualquer usuário ou sistema e, assim, requerendo sua verificação ao acessar a rede de uma organização.

O modelo Zero Trust também exige que todas as solicitações de acesso sejam monitoradas e verificadas em tempo real, independente de onde o usuário esteja. Isso garante que nenhuma atividade maliciosa ocorra sem ser detectada, tornando-se uma maneira eficaz de proteger as redes contra possíveis ameaças. A ideia é presumir que todas as máquinas, usuários e servidores não sejam confiáveis até que se prove o contrário.

Ilustração representando um homem focado na segurança da sua empresa com um símbolo de confiança zero nas costas para promover a prática de Zero Trust.

Como o Zero Trust funciona?

Reflita no modelo Zero Trust como um agente de segurança hipervigilante: verifica metodicamente e constantemente as suas credenciais antes de lhe dar acesso privilegiado ao edifício onde trabalha, mesmo que o reconheça, repetindo este processo para verificar constantemente a sua identidade.

O modelo Zero Trust é baseado na autenticação e autorização de todos os dispositivos e indivíduos antes que qualquer acesso ou transferência de dados ocorra em uma rede privada, independentemente de permanecer dentro ou fora da rede. Esse processo também combina análise, filtragem e registro para monitorar continuamente o comportamento e detectar sinais de comprometimento, caso contrário, um usuário ou dispositivo será observado e monitorado como uma ameaça potencial.

Por exemplo, Marcus da Acme Co. Ele geralmente faz login em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos, mas hoje está tentando acessar a intranet da Acme em Berlim, na Alemanha. Mesmo que o nome de usuário e a senha de Marcus sejam introduzidos corretamente, uma abordagem Zero Trust reconhecerá a anomalia no comportamento de Marcus e tomará uma ação solicitando que ele se autentique de outra maneira para verificar sua identidade de usuário.

Ilustração de um guarda aplicando o princípio Zero Trust, olhando atentamente o mural e controlando a cidade ao longe.

Componentes do Zero Trust

O atual modelo de segurança Zero Trust foi expandido. Vários princípios foram implementados, incluindo a Arquitetura Zero Trust, Zero Trust Network Access (ZTNA), Zero Trust Secure Web Gateway (SWG) e microssegmentação. A segurança de confiança zero às vezes é chamada de “segurança sem perímetro”.

Não pense no Zero Trust como uma tecnologia simples. Em vez disso, uma arquitetura Zero Trust usa uma variedade de controles e princípios de segurança para lidar com desafios de segurança usuais por meio de técnicas preventivas. Os componentes são projetados para fornecer proteção avançada contra ameaças à medida que as linhas entre trabalho e casa se tornam tênues e uma força de trabalho remota cada vez mais distribuída se torna o comum.

Uma mala de aço com cadeado ilustrando como a segurança Zero Trust pode ser implementada.

Benefícios da arquitetura Zero Trust

A arquitetura Zero Trust da Akamai oferece inúmeras vantagens, incluindo segurança aprimorada, melhor desempenho, maior escalabilidade, acesso seguro a aplicações para funcionários e parceiros e custos operacionais reduzidos.

Alguns dos principais benefícios na arquitetura Zero Trust da Akamai incluem proteção de dados aprimorada por meio de autenticação e autorização, desempenho aprimorado devido a redes de distribuição de conteúdo (CDNs), escalabilidade para lidar com grandes quantidades de tráfego e economia de custos por meio de custos operacionais reduzidos. Além disso, fornece uma camada adicional de segurança ao verificar a identidade do usuário antes de conceder acesso aos principais recursos corporativos. Ao implementar essa arquitetura, as organizações podem garantir que seus dados estejam protegidos contra usuários não autorizados, ao mesmo tempo em que melhoram seu desempenho geral.

Os princípios do Zero Trust

O modelo Zero Trust se baseia em três princípios básicos:

  • Não confiar em nenhuma entidade por padrão;
  • Impor acesso de privilégio mínimo;
  • Implementar monitoramento de segurança constante.

Por que um modelo de segurança Zero Trust é essencial?

A força de trabalho moderna está se tornando cada vez mais móvel, acessando aplicativos e serviços em nuvem de vários dispositivos fora do espaço corporativo. Anteriormente, muitas empresas adotaram um modelo de “verificar primeiro, confiar depois”, que significava que se alguém tivesse as credenciais de usuário corretas, elas eram admitidas em qualquer website, app ou dispositivo que estivesse solicitando. Isso resultou em maior exposição ao risco, rompendo o que antes era uma zona de controle empresarial confiável e deixando muitas organizações expostas a violações de dados, malware e ataques cibernéticos em geral. A proteção agora é necessária em certas infraestruturas digitais onde residem aplicativos, dados, usuários e  dispositivos.

Ilustração de um monitor com um olho seguindo os usuários, representando a filosofia de Zero trust."

Akamai + Guardicore: Zero Trust de ponta a ponta

A Akamai e a Guardicore uniram forças para fornecer soluções completas de segurança de confiança zero. Essa colaboração fornece aos clientes um conjunto abrangente de produtos e serviços integrados, que podem ser usados para proteger seus ativos digitais contra ameaças cibernéticas.

A solução combinada foi projetada para fornecer aos clientes visibilidade de sua infraestrutura, permitindo que eles detectem ataques antecipadamente, bloqueiem o tráfego malicioso e respondam rapidamente. As empresas também estão comprometidas em fornecer uma experiência de usuário intuitiva que simplifique o processo de implantação e gerenciamento da solução. Com essa parceria, a Akamai e a Guardicore estão facilitando para as organizações a obtenção de um ambiente seguro em todos os seus ativos digitais.

Com suas soluções implementadas, você pode ter certeza de que seus ativos estão bem protegidos contra agentes mal-intencionados.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Marcio Montagnani
Marcio Montagnani
Especialista em Desenvolvimento de Negócios e Empreendedor, com mais de 15 anos de experiência na área de TI e Telecom, atualmente vem impulsionando o crescimento de negócios por meio de planejamento estratégico e soluções inovadoras. Buscando a excelência em todos os empreendimentos.
Postagens recomendadas
Outras postagens