22.8 C
São Paulo
sábado, fevereiro 24, 2024
InícioTransformação digitalInteligência artificialAdobe Firefly: IA gera imagens que podem ser usadas sem preocupações comerciais

Adobe Firefly: IA gera imagens que podem ser usadas sem preocupações comerciais

O Adobe Firefly é a mais recente adição à crescente lista de ferramentas gerativas de inteligência artificial (IA) da Adobe, feita com o Nvidia Picasso sobre o qual falamos aqui.

A ferramenta foi projetada para permitir que os usuários criem e editem imagens, e apliquem texturas e efeitos a partir de descrições, mas sem a preocupação com direitos autorais. 

O Firefly é uma expansão das ferramentas generativas de IA apresentadas no Photoshop, Express e Lightroom durante a conferência anual Max no ano passado. O software foi desenvolvido usando centenas de milhões de fotos com autorização dos criadores e, em breve, poderá criar conteúdo em aplicativos da Adobe, incluindo Express, Photoshop, Illustrator e Adobe Experience Manager, com um prompt de texto.

Atualmente o Firefly está em versão beta e sem preço fixo, mas a Adobe continua trabalhando no seu desenvolvimento. No entanto, já oferece aos usuários a capacidade de gerar texto para imagem e transferir estilos diferentes para artes existentes com base em descrições fornecidas pelo usuário. 

Arte gerada pelo Adobe Firefly foi feita com imagens de uso livre

Uma consideração prática e legal importante ao usar o Adobe Firefly é que a arte criada usando o modelo conterá metadados indicando que é parcial ou totalmente gerada por IA. Isso é importante porque muitos artistas em plataformas como ArtStation expressaram preocupações com a torrente de novas artes geradas por IA. A China recentemente se tornou o primeiro país a banir mídia gerada por IA sem marcas d’água.

Adobe Firefly: IA gera imagens que podem ser usadas sem preocupações comerciais

O modelo de treinamento para o Adobe Firefly é baseado em imagens existentes, que geralmente vêm de conjuntos de dados compilados por sites públicos de hospedagem de imagens.

Alguns especialistas sugerem que os modelos de treinamento que usam imagens públicas, mesmo com direitos autorais, serão cobertos pela doutrina de uso justo nos Estados Unidos. No entanto, é uma questão que provavelmente não será resolvida tão cedo, especialmente à luz das leis contrastantes propostas no exterior.

A Adobe então resolveu essa questão treinando os modelos Firefly exclusivamente em conteúdo do Adobe Stock, sua biblioteca de mídia isenta de royalties, juntamente com conteúdo de domínio público e licenciado abertamente, cujo copyright expirou. Além disso, a Adobe está explorando um modelo de remuneração para colaboradores do seu banco de imagens Stock, que lhes permitirá monetizar seus talentos e se beneficiar de qualquer receita gerada pelo Firefly.

Adobe Firefly: IA gera imagens que podem ser usadas sem preocupações comerciais

A nova ferramenta é promissora para artistas e designers que desejam criar obras de arte personalizadas de forma mais rápida e eficiente. Embora ainda existam preocupações em relação à legalidade e ética do uso de modelos de treinamento baseados em imagens públicas, a abordagem da Adobe para usar conteúdo exclusivamente do Adobe Stock e oferecer remuneração aos colaboradores é um passo na direção certa. É importante que a indústria de tecnologia continue a explorar maneiras de desenvolver ferramentas gerativas de IA que sejam justas e éticas para todos os envolvidos.

Clique abaixo para assistir ao vídeo de apresentação do Adobe Firefly. 

Saiba mais sobre o novo modelo de IA da Adobe.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Erika Rodrigues
Erika Rodrigues
Sou repórter e redatora no Itshow. Já produzi diversas matérias como jovem repórter do Núcleo de Jornalismo Investigativo da Record TV, onde também fiz parte da equipe de apuração da Agência Record, abastecendo os principais jornais da casa, além do portal R7. Com dedicação e comprometimento, estou sempre em busca de novos desafios e oportunidades de crescimento em carreira.
Postagens recomendadas
Outras postagens