25.5 C
São Paulo
sábado, junho 15, 2024
InícioTransformação digitalInteligência artificialO ChatGPT vai roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões...

O ChatGPT vai roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas

A inteligência artificial tem evoluído rapidamente nos últimos anos, e também vem causando várias transformações na sociedade. Algumas dessas mudanças impactam no mercado de trabalho, em que a automação e o uso de inteligência artificial podem substituir muitas funções antes realizadas por trabalhadores humanos.

ChatGPT pode roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas
O ChatGPT vai roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas 6

Segundo um estudo recente (arquivo PDF) da OpenAI intitulado “GPTs are GPTs: An Early Look at the Labor Market Impact Potential of Large Language Models”, cerca de 80% dos empregos dos trabalhadores dos EUA serão afetados por modelos de linguagem como o GPT-4.

O GPT-4 é uma nova versão do ChatGPT (Generative Pre-training Transformer), tecnologia da OpenAI que usa inteligência artificial para gerar textos coerentes e plausíveis. Ele consegue escrever artigos, responder perguntas, traduzir idiomas e muito mais.

O resultado é que muitas tarefas que antes eram feitas por humanos, como a criação de conteúdo, por exemplo, agora podem ser automatizadas com o uso de modelos de linguagem como o GPT-4.

Resultados do estudo da OpenAI sobre o impacto do ChatGPT nos empregos

ChatGPT pode roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas
O ChatGPT vai roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas 7

Nessa pesquisa, foram analisadas mais de 400 profissões, e descobriu-se que, em média, 30% das atividades realizadas em cada uma delas podem ser automatizadas. No entanto, essa porcentagem varia segundo o cargo.

Em algumas áreas, como a agricultura, já existe uma alta taxa de automação, enquanto em outras, como na saúde, a taxa diminui. Mesmo assim, espera-se que o GPT-4 e outras tecnologias similares afetem a maioria dos empregos nos próximos anos.

ChatGPT pode roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas
O ChatGPT vai roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas 8

Os trabalhadores que realizam tarefas repetitivas e previsíveis são os mais vulneráveis à automação. Por outro lado, aqueles que desempenham tarefas que exigem criatividade, empatia e interação humana são menos suscetíveis à substituição por máquinas.

ChatGPT pode roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas
O ChatGPT vai roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas 9

Assim, é importante que os trabalhadores se adaptem às novas tecnologias e desenvolvam habilidades que as máquinas não possam replicar, como a capacidade de se relacionar com outras pessoas, pensar criticamente e resolver problemas complexos.

Entre as profissões ameaçadas estão intérpretes, tradutores e pesquisadores de enquetes, mas o uso da IA também pode afetar poetas, letristas e escritores criativos. Outras classes que enfrentam desafios ainda maiores são os matemáticos, analistas financeiros, contadores, auditores, programadores e também analistas de notícias, repórteres e jornalistas.

Políticas públicas para o tema são necessárias

O estudo destaca ainda a importância de políticas públicas que ajudem a proteger os trabalhadores que serão afetados pela automação. Isso inclui o investimento em programas de treinamento e capacitação para que os trabalhadores possam se adaptar às novas tecnologias e assumir novos cargos. 

ChatGPT pode roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas
O ChatGPT vai roubar seu emprego? Estudo da OpenAI revela as profissões mais ameaçadas 10

Embora a automação possa trazer muitos benefícios para a economia e a sociedade como um todo, é importante proteger os trabalhadores que serão afetados pela automação e garantir que eles tenham as habilidades necessárias para se adaptar à nova era.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Erika Rodrigues
Erika Rodrigues
Sou repórter e redatora no Itshow. Já produzi diversas matérias como jovem repórter do Núcleo de Jornalismo Investigativo da Record TV, onde também fiz parte da equipe de apuração da Agência Record, abastecendo os principais jornais da casa, além do portal R7. Com dedicação e comprometimento, estou sempre em busca de novos desafios e oportunidades de crescimento em carreira.
Postagens recomendadas
Outras postagens