17.4 C
São Paulo
quinta-feira, junho 20, 2024
InícioCloudOn premise vs cloud computing: qual é a melhor opção para sua...

On premise vs cloud computing: qual é a melhor opção para sua empresa

No atual cenário de infraestrutura tecnológica, as empresas estão adotando soluções híbridas combinando ambientes on-premises e cloud, equilibrando flexibilidade e controle interno. 

Este modelo híbrido permite um monitoramento mais eficaz dos dados e operações críticas. Além disso, a estratégia de longo prazo é essencial para a sustentabilidade tecnológica, considerando o crescimento empresarial e as evoluções do mercado. 

O investimento em tecnologia avançada, embora possa ter custos iniciais mais altos, oferece benefícios duradouros, mantendo a empresa competitiva e adaptável às mudanças tecnológicas. É o que Simone Okudi, Diretora de TI na Stanley Black & Decker, discutiu no 23º episódio do podcast Itshow. “O paradigma atual no mercado de TI é a aceitação do modelo híbrido como a nova norma. No passado, estávamos acostumados a sistemas totalmente on-premises, mas a revolução da cloud trouxe agilidade e eficiência”, destacou.

on premise vs cloud
Imagem gerada por Inteligência Artificial (IA)

On premise vs Cloud computing

A computação em nuvem ganhou popularidade devido à sua flexibilidade, economia e escalabilidade. Embora o modelo on-premise (com servidores na própria empresa) ofereça controle e segurança, ele pode ser mais caro devido à manutenção e gestão da infraestrutura. 

Na nuvem, os custos são variáveis e a manutenção é menor, sendo ideal para expansão e fácil acesso a aplicações. A escolha entre nuvem e on-premise depende das necessidades específicas de cada negócio, considerando fatores como segurança, custo e regulamentações do setor.

On-premise

No modelo on-premise, as empresas mantêm suas aplicações internamente, priorizando segurança, especialmente em setores regulados. Apesar do maior controle sobre os dados, esse modelo pode ser mais custoso, envolvendo gastos significativos com manutenção e gestão da infraestrutura, além da necessidade de hardware, licenças e suporte de TI.

Cloud computing

A computação em nuvem oferece um modelo flexível e escalável, permitindo às empresas pagar pelo armazenamento e recursos conforme a necessidade. Com um provedor externo gerenciando a infraestrutura, as empresas evitam custos de manutenção de hardware, podendo se expandir e conectar globalmente com facilidade. Além disso, a computação em nuvem proporciona acesso rápido a novos softwares e aplicações, sem os atrasos associados à instalação e configuração.

AnyConv.com Banners
On premise vs cloud computing: qual é a melhor opção para sua empresa 5

Ouça agora o episódio 23 do podcast Itshow disponível no Spotify!

Quais são as principais diferenças entre os dois modelos

Implantação das soluções

No modelo On Premise, os recursos são alocados dentro da infraestrutura de TI da empresa, que se responsabiliza pela manutenção de todos os processos relacionados. Já na Cloud, os recursos são hospedados por um parceiro externo, permitindo à empresa acessar conforme a necessidade.

Manutenção da infraestrutura

O on-premise exige que a empresa arque com os custos de manutenção, incluindo espaço, hardware e energia. Por outro lado, na cloud, a manutenção e atualizações ficam a cargo do provedor de serviços.

Monitoramento dos arquivos

Com o on-premise, o monitoramento é interno e exige conhecimento técnico da equipe de TI. Na cloud, o monitoramento é realizado por um provedor terceirizado, que lida com a maioria das tarefas rotineiras.

AnyConv.com Banners 1
On premise vs cloud computing: qual é a melhor opção para sua empresa 6

Quer saber mais sobre os modelos on premise e cloud computing? Baixe agora o nosso material de apoio completo!

Segurança das informações

No on-premise, há um controle físico das informações, mas pode haver vulnerabilidades de segurança digital. Na cloud, recursos avançados como criptografia e controles de acesso robustos ajudam a proteger os dados.

Investimentos financeiros

O modelo on-premise requer investimentos substanciais em hardware e manutenção, enquanto na cloud os custos estão incluídos no pacote contratado, sem gastos adicionais.

Quais cuidados devem ser tomados durante a implementação

Para implementar sistemas on-premise ou cloud, é fundamental o planejamento detalhado e a expertise dos profissionais envolvidos. É necessário elaborar um plano que considere a análise do ambiente atual, as necessidades específicas do negócio, a seleção da nuvem mais adequada e as estratégias para aperfeiçoamento dos processos. Além disso, a parceria com uma empresa experiente no mercado é essencial para orientar e facilitar o processo de migração.

on premise vs cloud
Imagem gerada por Inteligência Artificial (IA)

Qual modelo é a melhor opção para a sua empresa

Ao decidir sobre a infraestrutura de TI, é essencial considerar fatores como tendências atuais, conformidade com a legislação e os benefícios específicos para a organização. A escolha entre sistemas on-premise e cloud computing é influenciada pelas necessidades específicas e pelas prioridades de implementação de cada negócio.

Com o avanço da transformação digital no setor empresarial, a computação em nuvem ganha destaque por oferecer acesso a ferramentas tecnológicas avançadas, que contribuem para a otimização do desempenho. Esse modelo também pode impactar significativamente os custos do departamento de TI, oferecendo a flexibilidade de pagar apenas pelo que é consumido.

Além disso, o suporte de profissionais especializados é fundamental para escolher a melhor opção para cada negócio, assegurando que todos os benefícios da tecnologia sejam aproveitados. A escolha entre on-premise e cloud depende dos objetivos específicos de cada empresa com a tecnologia. Em termos de inovação, praticidade e eficiência, a infraestrutura em nuvem está mais alinhada com as dinâmicas de mercado modernas, proporcionando flexibilidade, segurança e resposta rápida às necessidades empresariais.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Fernanda Martins
Fernanda Martins
Formada em Letras, com pós em mídias sociais, e redatora do portal de notícias Itshow. Já escreveu para vários blogs de cultura pop, produziu conteúdo no Facebook e no Instagram sobre literatura e até escreveu algumas fanfics pela internet. Hoje, se especializa em redação e usa suas habilidades de escrita crítica e literária para trazer mais sensibilidade aos textos e continuar fazendo o que ama.
Postagens recomendadas
Outras postagens