14.1 C
São Paulo
segunda-feira, julho 22, 2024
InícioCibersegurançaRansomware ameaça empresas que faturam até US$ 50 milhões, revela estudo

Ransomware ameaça empresas que faturam até US$ 50 milhões, revela estudo

Um novo relatório da Akamai, líder em segurança cibernética, revela um cenário alarmante: 65% das vítimas de ransomware no Brasil são empresas com faturamento de até US$ 50 milhões. Os setores de serviços financeiros, fabricação e saúde emergem como os alvos preferenciais desses ataques devastadores.

O estudo, intitulado “State of the Internet – Ransomware à Espreita”, detalha como os criminosos estão refinando suas táticas. A exfiltração de arquivos, que envolve o roubo e a ameaça de vazamento de dados sensíveis, tornou-se a principal estratégia de extorsão. Fernando Ceolin, Diretor Regional do Brasil e América do Sul na Akamai, alerta que simples soluções de backup de arquivos não são mais suficientes. “É necessário adotar técnicas de micro segmentação para evitar a propagação do malware na infraestrutura da empresa”, explica.

O relatório também destaca a exploração de vulnerabilidades Zero Day pelos atacantes, que aumentou em 143% o número de vítimas entre 2022 e 2023. O grupo LockBit figura como um dos principais perpetradores, sendo responsável por 41% dos ataques ao setor de fabricação.

Para fortalecer a defesa, a Akamai recomenda, além de backups regulares e atualizações de software, a adoção de ferramentas de segmentação e isolamento de rede, essenciais para limitar a propagação do ransomware em caso de infecção.

Erika Rodrigues
Erika Rodrigues
Sou repórter e redatora no Itshow. Já produzi diversas matérias como jovem repórter do Núcleo de Jornalismo Investigativo da Record TV, onde também fiz parte da equipe de apuração da Agência Record, abastecendo os principais jornais da casa, além do portal R7. Com dedicação e comprometimento, estou sempre em busca de novos desafios e oportunidades de crescimento em carreira.
Postagens recomendadas
Outras postagens