22 C
São Paulo
quarta-feira, fevereiro 21, 2024
InícioLiderança de TIEntenda o que é e como fazer a gestão de performance e...

Entenda o que é e como fazer a gestão de performance e por que ela é importante para a sua empresa

No cenário empresarial contemporâneo, a gestão de performance emerge como um pilar quando consideramos a complexidade dos ambientes tecnológicos atuais. As organizações enfrentam o desafio de gerenciar uma miríade de pontos de conexão que vão desde data centers tradicionais até ambientes dinâmicos de cloud computing, além da prevalência cada vez maior de usuários remotos. 

Este cenário multifacetado exige uma abordagem ágil e eficiente na gestão de dados e processos, onde o equilíbrio e a eficácia na distribuição de demandas são fundamentais.

Liliana Fernandez, Global Senior Manager de Redes e Comunicação na ADM e convidada do segundo episódio do Especial Conectividade, promovido pela CommScope e pelo podcast Itshow, ressalta a importância de manter uma operação estável como alicerce para a inovação. 

Segundo ela, é essencial buscar constantemente formas de otimizar, reduzir custos e melhorar a performance. Neste contexto, a realização de Provas de Conceito (POCs), o alinhamento com equipes de arquitetura e a implementação de soluções escaláveis são estratégias-chave, que não apenas facilitam a inovação, mas também garantem que as melhorias possam ser replicadas em uma escala global.

Além disso, enfrentamos o desafio de assegurar uma performance excepcional em redes distribuídas, uma tarefa que requer um equilíbrio delicado entre as necessidades dos data centers locais, as soluções em nuvem e os usuários remotos. 

A busca por soluções que favoreçam a multi-conectividade e garantam tempos de resposta rápidos é mais do que uma necessidade – é uma inovação em si. A transição para a nuvem, por exemplo, destaca a necessidade de abordagens que não só gerenciem os dados de forma eficiente, mas também aproximem esses dados dos locais de processamento para otimizar a performance.

gestão de performance
Imagem gerada por Inteligência Artificial (IA)

O que é gestão de performance

A gestão de performance, metodologia orientada por métricas de eficiência, representa uma estratégia integral para o diagnóstico organizacional e o alinhamento contínuo de expectativas. Essa abordagem foca no manejo das competências e habilidades dos profissionais, enfatizando os resultados obtidos e a eficácia dos procedimentos operacionais.

Além do desempenho individual dos funcionários, ela expande a perspectiva dos gestores para identificar e resolver os entraves que afetam as entregas da organização. Em sincronia com a administração da empresa, a gestão de performance desempenha um papel importante na realização do planejamento estratégico da corporação.

Para alcançar o êxito nesta abordagem, é essencial entender os aspectos únicos e áreas de melhoria de cada membro da equipe. Lembre-se de que os colaboradores de alta performance não são apenas aqueles com alta produtividade e excelentes resultados, mas também são dedicados ao seu trabalho e ao relacionamento interpessoal com colegas.

Contudo, é fundamental reconhecer o que é eficaz no contexto coletivo. Neste ponto, é importante avaliar não só as habilidades individuais, mas também o ambiente de trabalho, a cultura organizacional e a influência das lideranças.

Benefícios de fazer a gestão de performance

Descoberta de talentos

Através da gestão de desempenho, as empresas têm a capacidade de identificar e valorizar os talentos individuais dentro de sua estrutura. Mediante avaliações periódicas do desempenho dos funcionários, é possível descobrir aqueles que se sobressaem com habilidades notáveis. Estes talentos identificados podem ser aprimorados e alocados em papéis estratégicos, elevando assim o crescimento e êxito da empresa.

Feedback contínuo

Uma das principais vantagens da gestão de performance é a adoção de um processo de feedback constante, o que significa que os funcionários recebem avaliações frequentes sobre seu trabalho, facilitando seu aprimoramento contínuo, em contraste com avaliações anuais isoladas. Esse processo estabelece uma cultura de comunicação transparente, fomentando o crescimento pessoal e profissional dos colaboradores.

Promoção do engajamento dos funcionários

Este modelo de gestão também fomenta o envolvimento ativo dos funcionários, estabelecendo metas claras e focando em objetivos específicos. Quando os funcionários compreendem a conexão de suas atividades com os objetivos corporativos, tendem a se sentir mais envolvidos e comprometidos com a empresa.

Ouça agora o segundo episódio do Especial Conectividade by CommScope!

Desenvolvimento organizacional

Empresas que adotam a gestão de performance podem acelerar seu crescimento e inovação ao identificar e desenvolver talentos, além de promover um ambiente propício ao aprendizado contínuo. Essa abordagem fomenta uma cultura de alta performance, impulsionando o crescimento sustentável ao alinhar as metas dos colaboradores com as da organização.

Redução de conflitos internos

Além disso, a gestão de performance pode ser uma ferramenta eficaz na redução de conflitos internos. Este método ajuda a prevenir mal-entendidos, promovendo transparência e justiça através de feedback constante e avaliações equitativas. Reduzindo a probabilidade de conflitos interpessoais, cria-se um ambiente de trabalho mais harmonioso e colaborativo.

6 dicas para implementar a gestão de performance na sua empresa

1. Estabeleça indicadores de desempenho (KPIs)

Para uma avaliação específica e objetiva dos resultados, é preciso definir KPIs (Key Performance Indicators). Estes indicadores, financeiros ou não, servem para medir a eficácia de unidades, centros de custo, departamentos ou processos. 

Com indicadores bem definidos, os gestores podem tomar decisões mais precisas e realizar uma análise de desempenho focada. Considerar apenas números de vendas ou estoque pode ser enganoso, portanto, os KPIs facilitam uma compreensão mais profunda dos resultados e permitem um acompanhamento mais eficiente.

2. Monitore as vendas

Visto que as vendas são vitais para a receita, é essencial analisar esse aspecto além do volume de vendas e da receita gerada. Aspectos como produtos mais vendidos, desempenho por unidade, contribuição dos representantes de vendas e valor médio das compras são importantes. 

Essas informações ajudam os gestores a identificar áreas que necessitam de investimento ou ajustes. Automatizar a gestão de vendas pode simplificar esse processo, proporcionando uma análise mais abrangente e estratégica.

3. Analise das despesas

Todas as empresas têm despesas operacionais que, se não gerenciadas adequadamente, podem afetar os lucros. É vital que os gestores planejem e monitorem as despesas, incluindo custos com materiais, encargos e tributos. Ferramentas como o orçamento matricial ou descentralizado podem ajudar a reduzir custos e a otimizar o controle financeiro.

4. Projete o fluxo de caixa

Um elemento essencial na análise de performance é a projeção do fluxo de caixa. Todas as transações financeiras, incluindo variações tributárias e inflacionárias, devem ser consideradas no planejamento orçamentário. Isso permite aos gestores acompanhar as entradas e saídas financeiras e comparar o planejado com o realizado, identificando desvios a tempo.

5. Avalie a Demonstração de Resultados (DRE)

Ferramentas que facilitam a visualização e análise desses dados são essenciais, e a DRE deve ser analisada detalhadamente para identificar tendências e justificar desvios, proporcionando uma gestão mais eficiente e transparente, especialmente em apresentações para a diretoria ou investidores.

Quer saber mais sobre gestão de performance? Baixe agora o nosso material de apoio completo!

6. Utilize o planejamento estratégico

A análise de performance ajuda a verificar se a empresa está alinhada com as estratégias estabelecidas. Se houver áreas que precisam de melhorias, os gestores podem utilizar ferramentas estratégicas, como planos de ação, Diagrama de Ishikawa e análise PDCA, para ajustes e melhorias contínuas. A projeção de cenários e mapas estratégicos também são úteis para enfrentar desafios ao longo do ano.

Maximizando a eficácia empresarial através da gestão de performance

A gestão de performance destaca-se como uma prática fundamental nas empresas modernas, desempenhando um papel vital na obtenção de resultados significativos, no desenvolvimento de talentos e na criação de um ambiente de trabalho que favorece tanto a saúde quanto a produtividade. 

As organizações que aplicam essa abordagem estratégica estabelecem metas claras, fornecem feedback constante e cultivam oportunidades de crescimento, otimizando o desempenho dos funcionários e impulsionando o sucesso empresarial no competitivo mercado atual.

Além de identificar talentos e promover um engajamento mais profundo dos colaboradores, essa metodologia contribui para o crescimento organizacional e a redução de conflitos internos, o que é importante para qualquer negócio que visa a sustentabilidade a longo prazo. 

gestão de performance
Imagem gerada por Inteligência Artificial (IA)

Os resultados positivos dessa prática são claros e palpáveis, conferindo aos gestores maior confiança nas tomadas de decisão e proporcionando uma avaliação mais precisa dos resultados da empresa.

Embora muitas organizações ainda tentem gerenciar seus resultados através de planilhas eletrônicas, esse método apresenta limitações significativas, como a dificuldade de consolidação de dados e o risco de erros. 

Nesse contexto, a adoção de softwares especializados em gestão orçamentária se torna uma solução valiosa. Estas ferramentas de alta tecnologia, desenvolvidas por especialistas na área, não apenas melhoram a precisão da análise de performance, mas também otimizam o planejamento orçamentário da empresa.

A integração da gestão de performance com ferramentas tecnológicas avançadas representa, sem dúvida, um marco para o sucesso empresarial no cenário atual, marcado por rápidas mudanças e desafios constantes.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Fernanda Martins
Fernanda Martins
Formada em Letras, com pós em mídias sociais, e redatora do portal de notícias Itshow. Já escreveu para vários blogs de cultura pop, produziu conteúdo no Facebook e no Instagram sobre literatura e até escreveu algumas fanfics pela internet. Hoje, se especializa em redação e usa suas habilidades de escrita crítica e literária para trazer mais sensibilidade aos textos e continuar fazendo o que ama.
Postagens recomendadas
Outras postagens