17.6 C
São Paulo
segunda-feira, maio 27, 2024
InícioTransformação digitalPor que a inovação colaborativa é um dos melhores caminhos para o...

Por que a inovação colaborativa é um dos melhores caminhos para o desenvolvimento de novos produtos

O que é a inovação colaborativa

Henry Chesbrough, criador do termo inovação colaborativa ou inovação aberta, desafia os conceitos tradicionais de inovação empresarial. Ele argumenta que a inovação não deve ser confinada às fronteiras da empresa, diferenciando a inovação colaborativa de conceitos como softwares de código aberto e gestão da cadeia de suprimentos. 

Chesbrough enfatiza a importância do modelo de negócio na seleção de parceiros para inovação. Este modelo propõe a troca de ideias e tecnologias no mercado, incentivando um ecossistema colaborativo, onde diferentes organizações podem se beneficiar mutuamente das inovações compartilhadas.

Aydes Marques, CIO e COO do Banco Carrefour e convidado do 24º episódio do podcast Itshow, falou um pouco sobre como este modelo de inovação é aplicado no Carrefour: “Uma coisa que a gente fez recentemente foi um hackathon, talvez tenha sido o maior hackathon do Brasil, inclusive, porque tinha mais de mil participantes testando o uso de inteligência artificial generativa aplicados aos seus negócios.”

O engajamento dos colaboradores tem um impacto significativo nas mudanças e inovações dentro da empresa. Esse engajamento não apenas aumenta o conforto dos colaboradores em adaptar-se às mudanças, mas também os encoraja a contribuir com sugestões para melhorias, criando um ambiente mais dinâmico e inovador.

Mesmo as ideias que não são bem-sucedidas são valorizadas pela aprendizagem que proporcionam. A empresa foca no aprendizado e na possibilidade de escalar ideias com base em indicadores de desempenho positivos, promovendo uma cultura que valoriza tanto o sucesso quanto o aprendizado.

inovação colaborativa
Imagem gerada por Inteligência Artificial (IA)

Inovação aberta x inovação fechada

No modelo de inovação fechada, as empresas se concentram em desenvolver ideias e projetos internamente, mantendo a propriedade intelectual exclusiva. Esse processo envolve equipes restritas à organização, o que pode resultar em um ciclo de inovação mais longo, abrangendo desde a pesquisa até a implementação. Esse modelo se baseia fortemente no conhecimento, na tecnologia e no capital humano interno, garantindo um controle mais rígido sobre todo o processo de inovação.

Em contraste, a inovação aberta promove a colaboração com parceiros externos para a criação e desenvolvimento de ideias e projetos. Neste modelo, a propriedade intelectual é frequentemente compartilhada entre os envolvidos, envolvendo equipes diversificadas e multidisciplinares. Isso pode acelerar significativamente os processos de pesquisa e implementação, aproveitando um leque mais amplo de know-how, tecnologia e capital humano. Contudo, isso também pode significar um menor controle sobre o processo de inovação.

AnyConv.com 1 8
Por que a inovação colaborativa é um dos melhores caminhos para o desenvolvimento de novos produtos 5

Ouça agora o episódio 24 do podcast Itshow disponível no Spotify!

Por que investir na inovação colaborativa

Na transformação digital, as empresas enfrentam o desafio de inovar além de suas capacidades internas. A inovação aberta surge como uma solução, conectando organizações a um vasto reservatório de talentos e ideias externas. Essa abordagem não só amplia o alcance da inovação, mas também traz uma diversidade de perspectivas que podem enriquecer os projetos internos. 

Além disso, a inovação aberta oferece uma via mais econômica e menos arriscada para a inovação, já que divide o risco entre várias entidades. Quando um projeto externo falha, a empresa não arca com todos os custos, diferente do que acontece com projetos internos. Isso incentiva o investimento em soluções verdadeiramente inovadoras, aumentando as chances de a empresa se destacar no mercado. 

Assim, a colaboração com parceiros externos enriquece a experiência dos funcionários, que se sentem mais motivados e eficientes ao aprenderem novas abordagens e resolverem problemas de maneiras diferentes. A inovação aberta, portanto, não é apenas uma estratégia de negócios, mas também uma ferramenta de desenvolvimento de talentos, promovendo um ambiente de trabalho mais dinâmico e produtivo.

AnyConv.com 2 8
Por que a inovação colaborativa é um dos melhores caminhos para o desenvolvimento de novos produtos 6

Quer saber mais sobre inovação colaborativa? Baixe agora o nosso material de apoio completo!

Exemplos de inovações colaborativas

Corporate venture

Nesta abordagem, empresas estabelecidas investem em startups inovadoras para acessar novas tecnologias e mercados. Este investimento promove um crescimento mútuo, onde as startups recebem capital e suporte, enquanto as corporações se beneficiam de inovações disruptivas.

Working space

Ao oferecer espaços de trabalho, as grandes empresas criam um ambiente propício para startups desenvolverem suas ideias. Este suporte vai além do espaço físico, incluindo mentorias, acesso a redes e potenciais colaborações.

Eventos

Organizar eventos como hackathons e workshops é uma forma eficaz de estimular a inovação. Eles servem como catalisadores para o encontro de mentes criativas, fomentando parcerias e ideias inovadoras.

Cocriação

Neste modelo, a empresa colabora diretamente com clientes, fornecedores e outros parceiros para criar produtos ou serviços. Esta abordagem promove a diversidade de ideias e soluções adaptadas às necessidades reais do mercado.

APIs abertas

Este modelo envolve compartilhar interfaces de programação de aplicativos (APIs) com outras empresas, permitindo que elas desenvolvam novos serviços ou produtos com base na tecnologia existente. Isso estimula a inovação colaborativa e a criação de ecossistemas digitais integrados.

inovação colaborativa
Imagem gerada por Inteligência Artificial (IA)

Redefinindo a estratégia de inovação empresarial com a inovação colaborativa

A inovação colaborativa redefine a abordagem tradicional de inovação nas empresas, como proposto por Henry Chesbrough. Em vez de se limitar a ideias internas, ela promove a colaboração externa para gerar soluções inovadoras e compartilhadas. 

Este modelo permite às empresas acessar uma gama mais ampla de talentos, ideias e tecnologias, criando um ecossistema de benefício mútuo entre diferentes organizações. A inovação aberta oferece uma maneira mais econômica e menos arriscada de inovar, alavancando parcerias e recursos compartilhados para explorar novas oportunidades de mercado, ao mesmo tempo em que enriquece a experiência e as habilidades dos funcionários.

Assine nossa Newsletter para receber os melhores conteúdos do Itshow em sua caixa de entrada.

Fernanda Martins
Fernanda Martins
Formada em Letras, com pós em mídias sociais, e redatora do portal de notícias Itshow. Já escreveu para vários blogs de cultura pop, produziu conteúdo no Facebook e no Instagram sobre literatura e até escreveu algumas fanfics pela internet. Hoje, se especializa em redação e usa suas habilidades de escrita crítica e literária para trazer mais sensibilidade aos textos e continuar fazendo o que ama.
Postagens recomendadas
Outras postagens